A CPI dos áudios da Câmara de Guarapari realizou na manhã de hoje (6) mais uma reunião onde foram ouvidos os empresários, que teriam sido vítimas de um suposto pedido de propina, realizado pelo vereador Dito Xaréu (SDD), para aprovação da lei de Eventos.

Foram ouvidos os empresários Sandro Abreu, Saulo Venturini e João Vitor Guimarães Vaz. Os três são empresários de casas noturnas em Guarapari e responderam todas as perguntas dos membros da CPI, que é formada por Fernanda Mazelli, Wendel Lima e Marcos Grijó.

Confirmado. De acordo com Mazzelli as testemunhas confirmam a voz no áudio. “Nós convocamos essas pessoas, esses empresários para começarmos as oitivas, até mesmo para estar verificando a veracidade dos fatos”, explicou

Ainda de acordo com a vereadora “As testemunhas afirmaram que o áudio é sim do vereador Dito Xaréu. O que não pode se confirmar é contexto desses áudios. Nós vamos convocar as pessoas que nós acharmos necessário que possam contribuir com o processo”, disse.

A CPI dos áudios da Câmara de Guarapari realizou na manhã de hoje (6) mais uma reunião

Veracidade. Para o vereador Wendel Lima, os depoimentos foram muito importantes. “Todos os empresários foram enfáticos em dizer que os secretários Municipais nunca pediram vantagem. Enfatizaram também que a prefeitura não era contra ao empreendimento que seria prejudicado. Mostrou também em uma parte do interrogatório que um (dos empresários) reconhece o áudio. Um reconheceu o diálogo. Então as coisas agora vão tomando outro caminho, e a gente vai conseguindo separar o joio do trigo, para que os trabalhos tenham uma veracidade e possam acontecer de uma forma muito clara para quem é de interesse, que é a sociedade Guarapariense” explicou Wendel.

Resultado. Outros dois empresários que foram convocados não compareceram, mas de acordo com Wendel, eles serão reconvocados e a CPI vai continuar fazendo seu trabalho. “Queremos ouvir todos que estão citados e nomes novos que vão surgindo a cada oitiva. Acredito que em pouco tempo nós vamos ter o resultado final dessa comissão processante, que vai tomando rumos positivos para que nós possamos ter um resultado concreto no final dos trabalhos”, finalizou.

Deixe seu comentário