O Disque-Denúncia 181 recebeu 2.454 registros no mês de julho. Denúncias sobre tráfico de drogas e homicídios lideram o ranking de ligações. Os registros resultaram na prisão de 149 pessoas e na apreensão de 9,948 kg de drogas, entre elas maconha, cocaína e crack,  além de materiais utilizados no preparo, venda e consumo de entorpecentes.

Registros de tráfico de drogas representam 1.251 ocorrências e homicídios 166. Denúncias de maus tratos contra crianças e idosos totalizam 146. Informações sobre porte ilegal de armas também possibilitaram a apreensão de 54 armas de fogo, além de 553 munições de calibres diversos.

Com as denúncias, operações policiais foram realizadas, bem como a instauração de inquéritos policiais, termos circunstanciados, autos de infração, interdição, notificações, advertências e multas fiscais. Ao todo, 10 veículos e R$ 7.319,10 em dinheiro foram apreendidos.

sss

“A população tem feito sua parte e a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) tem procurado dar respostas a essa participação, reconhecendo que a informação é o produto mais valioso para se alcançar um trabalho eficiente de enfrentamento da criminalidade no Estado e redução a níveis internacionalmente toleráveis”, diz o gerente do Disque-denúncia 181, Ângelo De Carli.

A população pode auxiliar o trabalho das polícias repassado informações à Central Disque-Denúncia, no telefone 181. Não é necessário se identificar.

Deixe seu comentário