Guarapari é não só o balneário mais famoso do Espírito Santo, mas também um dos mais belos cartões postais do nosso estado. Por suas belezas abundantes, com mais de 50 praias, a cidade se tornou a queridinha dos mineiros e de muitos outros turistas que costumam passar todo o verão aqui. O que muitos não sabem é que nossa Cidade Saúde não é só composta pelas mais badaladas praias do nosso Estado, há muitas outras coisas a serem descobertas em Guarapari.

Radioatividade. O título de cidade Saúde foi atribuído a Guarapari na década de 30, mais precisamente, em 1938, quando Dr. Silva Melo pesquisou a radioatividade das areias monazíticas e suas possíveis propriedades terapêuticas, o que movimentou o turismo da cidade e abriu as portas para que estudos mais especializados fossem feitos sobre as areias monazíticas. Alguns acreditam, entretanto, que o título de Cidade Saúde surgiu antes, em 1916, quando para inaugurar o cemitério São João Batista, no bairro Caminho da Fonte, foi necessário trazer um morto emprestado de Anchieta, visto que os guaraparienses gozavam de boa saúde e ninguém morria.

Com muita história para contar, com suas areias monazíticas conhecidas mundialmente e com todos os points que garantem o prazer das férias de quem frequenta nossa cidade, Guarapari tem lugares que merecem destaque. Praia ou montanha, água salgada ou água doce, há atrações para agradar gregos e troianos.

Uma boa dica para quem procura uma praia com águas calmas e cristalinas é visitar as três praias. Percorrendo pouco mais de um quilômetro, os visitantes desse paraíso da natureza podem se deslocar da Praia dos Adventistas até à Praia do Morcego, avistando as belas paisagens pelo caminho da trilha. É importante que os visitantes se conscientizem de que todo o lixo deve ser recolhido e transportado, pois há apenas duas pessoas responsáveis pela limpeza dessa praia.

Três Praias – Guarapari

Cachoeiras. Para os que procuram um lugar de sossego, longe da agitação dos dias quentes de verão, o lugar ideal é uma das cachoeiras que embelezam as regiões interioranas de nossa cidade. Nossa dica de hoje é a cachoeira do Barbudo, que fica em Buenos Aires. Conhecida também como cachoeira do Turco, esse paraíso se localiza em uma propriedade particular, mas os proprietários não cobram uma taxa fixa pela entrada dos visitantes, eles pedem apenas uma contribuição para a manutenção do local. Para chegar, basta chegar ao trevo de Guarapari, na BR 101 e seguir em direção a Buenos Aires, após aproximadamente 10km de subida, é possível avistar o bar do Ademir, onde o visitante deverá virar à esquerda e seguir por 2,5km de estrada de chão.

Cachoeira do Barbudo – Buenos Aires, Guarapari

Cachoeira ou praia, natureza ou badalação, história ou lazer, Guarapari reserva muitos atrativos aos seus visitantes. “Quer viver o sonho lindo que eu vivi? Vá viver a maravilha de Guarapari”… Nem os melhores poetas, nem os violões com melhor sonoridade conseguem descrever as belezas da Cidade Saúde nas mais lindas canções, parafraseando aqui a Valsa de Guarapari: vale a pena conferir.

Deixe seu comentário

Comments are closed.