Faltando uma semana para a posse do novo prefeito e dos novos vereadores, a eleição para a presidência da Câmara de Guarapari começa a ficar mais acirrada. Muitas conversas têm acontecido em busca de apoio para os grupos que se formaram na disputa.

Neste momento são suas chapas. Uma formada por Wendel Lima (PSD) e outra formada por Rogério Zanon (PRP). As movimentações estão a todo vapor. Após conseguir apoio da sua colega de partido, Fernanda Mazelli (PSD), Wendel Lima conquistou apoio também de dois partidos importantes. O PTN e do PDT. Os dois partidos juntos têm 5 vereadores. Com nove votos se faz o novo presidente.

Wendel Lima foi o vereador mais votado de Guarapari, com 1736 votos. Foto: João Thomazelli/Portal27

Para Abner Rezende, presidente do PTN, o apoio a Wendel é benéfico para a cidade. “Durante muitos anos vimos o presidente da Câmara e a própria câmara viver em conflito com o prefeito. Estamos em um momento de crise e entendo que agora é hora de mais harmonia entre os poderes. E para nós, Wendel poderá fazer essa interlocução com Edson”, disse.

“Acho que Wendel tem habilidade para isso e pode ser bom para a cidade”, afirma Abner.

Conflitos. Abner ainda afirmou que presidente da Câmara que apoia o prefeito é normal na Grande Vitória. “Vimos isso em Vila Velha com Ivan Carlini, em Vitória com Fabrício Gandini, isso é natural. Acho que é hora de fazermos diferente, acho que Wendel tem habilidade para isso e pode ser bom para a cidade. Chega de conflito entre os dois poderes”, afirmou.

O PDT também fechou apoio a Wendel. Procuramos o presidente do partido, Toninho Stein, que afirmou ser preciso defender os interesses do município. “O PDT acredita que é necessário ter uma base de apoio para fortalecer o município. Fortalecer os projetos importantes para a cidade, por isso vamos caminhar com Wendel e trabalhar juntos para o desenvolvimento de Guarapari”, disse.

Procuramos a outra chapa que é encabeçada pelo Dr. Rogério Zanon (PRP). Tentamos falar com o vereador Rogério, mas até o fechamento desta matéria, não conseguimos o retorno.

Deixe seu comentário

Comments are closed.