O transporte de passageiros em Guarapari gera reclamações e transtornos há alguns anos. Ônibus velhos, sujos, fora do horário, que não cumprem o itinerário… A lista de problemas é longa. Com os táxis o problema é o alto valor das tarifas cobradas, principalmente na alta temporada. A falta de taxímetro e o descumprimento da tabela (ela existe) incomodam turistas e faz com que moradores evitem tal alternativa de transporte.

Inserido neste contexto, a população de Guarapari tem procurado cada vez mais o transporte alternativo, ou as vans, como são conhecidos os veículos que fazem o transporte de passageiros. A seguir vamos fazer um panorama da situação atual do transporte de passageiros e o que deve mudar ainda este ano.

Ônibus

Em 2011 a prefeitura de Guarapari lançou um edital para licitar uma empresa de ônibus que prestaria o serviço de transporte coletivo de passageiros na cidade. O edital foi alvo de vários recursos e liminares na Justiça, o que fez com que o processo se arrastasse por anos.

Frota de ônibus deve aumentar depois do novo edital. foto: João Thomazelli/Portal 27
Frota de ônibus deve aumentar depois do novo edital. foto: João Thomazelli/Portal 27

Por fim o Tribunal de contas sugeriu que o edital fosse cancelado e que outra licitação seja realizada. A prefeitura de Guarapari está finalizando o segundo edital que deve ser publicado até o final de maio. “Hoje Guarapari conta com uma frota de 74 ônibus para atender todos os bairros da cidade. O novo edital prevê um aumento para 104 ônibus. Além disso, este edital traz certa inovação. Serão definidos dois lotes para licitação com 52 ônibus cada”, explicou Maioli.

Entre as novidades previstas no edital, o secretário adjunto destacou a bilhetagem eletrônica, que vai ser mantida, um aplicativo para celular que vai informar a localização de cada ônibus e até disponibilidade de wi-fi gratuito para os usuários

Táxi

Alvo de muitas reclamações de usuários por causa das altas tarifas cobradas, a frota de táxis de Guarapari vai passar por uma reformulação nos próximos meses. Hoje, existem 105 permissões de táxis na cidade, mas oficialmente apenas 14 veículos tem permissão para explorar o transporte de passageiros na modalidade taxi em Guarapari.  Em março deste ano a prefeitura nomeou 14 vencedores da primeira licitação.

O taxista Marcos da Costa pretende participar do novo edital para os táxis da cidade. Foto: João Thomazelli/Portal 27
O taxista Marcos da Costa pretende participar do novo edital para os táxis da cidade. Foto: João Thomazelli/Portal 27

Este primeiro edital previa 105 permissões, mas apenas 19 interessados se apresentaram. O segundo edital, que vai conceder licença para as 91 vagas restantes, deve ser finalizado ainda no primeiro semestre deste ano. Depois da homologação de todas as placas, os táxis da cidade deverão usar o taxímetro para cobrar as corridas.

Vans

O transporte de vans é legalizado em muitas cidades do Brasil, onde o transporte coletivo tradicional não supre a necessidade da população. Em Guarapari esta modalidade de transporte de passageiros não é legalizada e até coibida pela prefeitura, já que em alguns casos, os veículos que fazem o transporte estão em péssimas condições de conservação.

“Este tipo de transporte coletivo através de veículos que não são ônibus é considerado irregular aos olhos da lei. Estamos coibindo este transporte, com várias ações de fiscalização pela cidade”, explica Edinho Maioli.

Até agora sete veículos foram apreendidos por esta prática. Toda a semana fiscais e policiais militares realizam ações na cidade parando veículos suspeitos de transportarem passageiros.