A Escola Municipal Cândida Soares Machado, do bairro Nossa Senhora da Conceição, em Guarapari, foi uma das cinco instituições da região sudeste que tiveram o projeto classificado no Desafio Inova Escola, promovido pela Fundação Telefônica, e venceram o concurso em São Paulo. 

O projeto das professoras Fernanda Geraldo, Cynthia Gonçalves e Daiane Pinhal foi selecionado como um dos destaques da região sudeste e ganhou por voto popular. Veja aqui a matéria que divulgamos o pedido do voto. A iniciativa que tem o objetivo de favorecer a consolidação de uma cultura de inovação nas escolas que apoie o desenvolvimento integral dos estudantes.

Professoras que inscreveram o projeto premiado.

“Estamos muito felizes. Fomos ovacionados pela plateia, por pessoas do Brasil inteiro. Conquistamos uma mobilização da região sudeste e ganhamos no voto popular. Não vamos levar o destaque nacional, onde a realidade é até pior do que a nossa, uma escola que nem água tem. Mas vamos levar uma vontade de trabalhar cada vez mais por quem precisa. A educação de Guarapari fazendo a diferença”, disse a professora Fernanda.

Alunos da Escola Cândida Soares Machado ganhadora do prêmio.

O projeto, batizado com o nome “Juntos Somos Mais Fortes”, as educadoras fazem um diagnóstico na escola, e a equipe se propõe a desenvolver metodologias alternativas para aumentar a autoestima dos alunos, colocando em evidência os seus potenciais criativos. O plano estabelece a criação de um programa de monitoria nas salas de aula, envolvendo todas as disciplinas.

“A ideia sugere que os alunos que tenham maior facilidade na aprendizagem possam auxiliar os colegas por meio de mesas redondas, rodas de conversa, experiências diferenciadas e espaços extracurriculares”, explicou Fernanda.

Que completa. “Montamos um plano de ação com a criação de uma sala de aula invertida, para que os alunos tenham protagonismo e desenvolvam um olhar de pertencimento no processo ensino-aprendizagem. Enviamos o relato e fomos selecionados entre os cinco destaques regionais. O único do Espírito Santo”.

Para as professoras, ser vencedoras por voto popular, é um grande reconhecimento. “É uma certificação importante e vamos levar na bagagem esse momento único. Estamos muito felizes por poder representar nossa escola. Juntos somos mais fortes”, finaliza.

Deixe seu comentário