Uma das cidades mais procuradas por turistas no litoral Sul capixaba recebeu do Governo do Estado, na tarde desta sexta-feira (18), importantes investimentos na área de infraestrutura. O governador Renato Casagrande assinou um Termo de Cooperação Técnica com a Prefeitura para execução de serviços de aterro hidráulico na orla central. Também participaram do evento o secretário da Sedurb, Iranilson Casado, o prefeito Samuel Zuqui,entre outras autoridades, além de moradores.

O valor do Termo de Cooperação Técnica assinado por meio da Secretaria Estadual de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), é de R$ 628.770,00, e disponibiliza 10.700 horas máquinas para a realização dos serviços. As obras vão beneficiar 18.123 moradores da região, além de turistas.

1385604_529979720420894_2018353715_n
Prefeito Samuel e Governador assinam termo. Foto Aline Cunha.

 “Viemos hoje aqui reforçar o compromisso do Governo do Estado com o município e com o povo desta região. Piúma sempre foi considerado cartão postal do Estado pelas belas praias e por atrair turistas de todo o Brasil, principalmente nos períodos de verão. Com mais esta ação queremos fomentar o turismo e a economia local proporcionando condições de trabalho e desenvolvimento para população, que fica prejudicada pela erosão da orla. O Governo vai ajudar a mudar este panorama começando por esta ação emergencial, seguido da realização do ‘engordamento’ da praia, que dará base para urbanização de toda a orla do município,” afirma o governador Renato Casagrande.

O Governo do Espírito Santo atende, com isso, a um decreto emergencial publicado pela Prefeitura Municipal devido aos processos erosivos provocados pela maré na orla central de Piúma. A erosão provocou danos a calçadas e vias causando também risco à população, além de consequências econômicos ao município em função do afastamento de turistas. A execução do aterro hidráulico como medida emergencial atenuará temporariamente os efeitos da erosão no local.

1393886_529978940420972_1494477901_n
Autoridades e população estiveram presentes. Foto Aline Cunha.

Para o secretário da Sedurb, Iranilson Casado, esta ação é de extrema importância.  “O processo de erosão coloca em risco a população do município, além de afetar a economia da região. Piúma é uma das praias mais procuradas por turistas principalmente na época do verão, mas com a erosão muitos turistas procuraram outras praias causando prejuízos à maioria do comércio local. Esta ação emergencial é apenas o início de outros investimentos do Governo do Estado no município”, afirma Casado.

 Obra emergencial

O aterro deverá ser executado em uma extensão de 900 metros de praia, com 5 metros de extensão, e um volume estimado de 40.000m³. O material a ser utilizado para execução do aterro será proveniente de areal licenciado e não ocorrerá atividade de dragagem na área de intervenção. As obras serão iniciadas após a assinatura do Termo de Cooperação técnica e deverão ser concluídas ainda este ano.

‘Engordamento’ da praia

 Outra intervenção que deve ocorrer antes da urbanização da orla é o aterro hidráulico (engordamento da praia), que vai aumentar a faixa de areia e evitar a erosão da Praia Central. “Este projeto inclusive ficará a cargo do Departamento de Estradas e Rodagem (DER-ES), que está contratando estudo de impacto ambiental referente ao projeto”, pontua Iranilson Casado.

DSC08910
Orla vai ser recuperada com ajuda do Estado. Foto Wilcler Lopes

Urbanização da orla

O Governo do Estado abriu edital para contratação de empresa de engenharia especializada em arquitetura e urbanismo, que será responsável pela execução do projeto das obras de reurbanização da orla de Piúma. De acordo com o edital a empresa a ser contratada terá um prazo de seis meses para apresentação do projeto, que após analisado e aprovado, poderá ser executado pela Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb).

O secretário Iranilson Casado afirma que a urbanização da orla vai beneficiar turistas e moradores, além de proporcionar maior desenvolvimento econômico para região. “O Governo do Estado tem o compromisso de levar crescimento equilibrado a todas as regiões, inclusive para Piúma que tem uma orla referência para o turismo estadual,” pontua.

Casado afirma, ainda, que a realização das obras será a consolidação de mais um eixo de desenvolvimento para a Região Sul. “Serão obras complementares que vão valorizar de forma incontestável este eixo econômico, assim como a revitalização da orla de Marataízes que segue paralelo, a pavimentação do Balneário de Pontal de Ipiranga, em Linhares, e ainda estamos realizando estudos para implantar também uma revitalização no Balneário de Guriri, em São Mateus”, complementa Casado.

Fonte: Governo do Estado.

 

 

Deixe seu comentário