Rondielli Rodrigues de Oliveira, 35 anos, que trabalhava como cobrador de ônibus da Viação Satélite foi morto com um tiro na cabeça, às 4h10 desta sexta-feira (29), ao tentar fugir de um assalto  praticado por dois homens em uma motocicleta.

O crime ocorreu no bairro Campo Verde, em Cariacica. Atualmente, Rondielli exercia a função de controlador de GPS, pela Viação Satélite, na sede da Ceturb.

Segundo informações dos investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Rondielli estava em um ponto de ônibus na Avenida Graciano Ramos, acompanhado de mais três pessoas.

Eles teriam sido abordados por dois homens, numa motocicleta – o carona estava de boné branco e o piloto, capacete. Eles anunciaram o assalto e exigiram a entrega de todos os pertences.

Bodyboarding.  Rondielli já morou em Guarapari e era atleta de Bodyboard, sendo inclusive um dos idealizadores do Encontro Master de Bodyboarding na cidade. “Eu estudei com ele na infância. Gente fina demais “, diz Erick Araujo, um dos amigos.

482275_440239529390518_794348645_n
Atletas posam para fotos do encontro de bodyboard. Rondielli ao centro.

De acordo com Gilson Ramos, também amigo de Rondielli, os  amigos de bodyboarding, estão se organizando para uma homenagem ao amigo, e também um protesto contra a violência no Estado. “Ainda não temos nada definido, pode acontencer neste final de semana, vamos aguardar a família nos dar mais detalhes sobre o velório, para nos organizar”, explicou.

Veja um vídeo do evento onde aparece Rondielli 

IMG-20131129-WA0000[1]
Rondielli era atleta de Bodyboard e um dos organizadores de um campeonato master em Guarapari.

Dos quatro apenas Rondielli correu, tentando fugir dos assaltantes. O assaltante que estava no carona saltou da moto e perseguiu o Rondielli  a pé.

Ele correu por cerca de 100 metros viu uma mulher saindo de uma casa. Sem titubear, ele buscou proteção na residência, gritando para a moradora que era um assalto.Mas o atirou do portão e acertou a cabeça do cobrador, que caiu morto na sala da casa. Após o crime, o ladrão fugiu com o comparsa dele.

Segundo informações da policia, os dois assaltantes já teriam praticado outros quatro assaltos em pontos de ônibus da região, desde a Rodovia José Sette, até o ponto em Campo Verde, onde Rondielli foi abordado crime será investigado pela Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Cariacica.

Maiores informações ao longo do dia.

Deixe seu comentário