Em apenas uma semana o ônibus 582 da empresa Expresso Lorenzutti que faz a linha Setiba – Olaria foi assaltado duas vezes pelo mesmo bandido e no mesmo local, no ponto de ônibus da Avenida Padre José de Anchieta, em frente a Pedreira.

No segundo assalto, além de levar todo dinheiro do caixa, o ladrão também levou as bolsas de algumas passageiras.

O último assalto aconteceu por volta das nove horas da noite deste domingo (28). Um funcionário da empresa que pediu para não ser identificado relatou que “O motorista seguia sentido Setiba e deram sinal para embarque. Assim que ele parou para o embarque o rapaz entrou armado anunciando o assalto. Era uma arma de grande porte, mas o motorista não soube identificar que arma era”.

Segundo o funcionário, o crime foi cometido por dois assaltantes que levaram o dinheiro do caixa e pertences dos passageiros. “Eles roubaram o dinheiro do caixa, R$ 408, e chegaram a roubar os passageiros também, só que as pessoas não quiseram registrar ocorrência”.

Ainda de acordo com o funcionário, o primeiro assalto aconteceu cinco dias antes, na terça-feira (23), quando os ladrões levaram R$ 260,00 do caixa do coletivo. “A mesma linha foi assaltada na frente da Pedreira na semana passada. Porém o ônibus seguia para Olaria”. Ele disse ainda que nos dois assaltos o ladrão não chegou a ser violento, mas estava agitado. “Ele estava nervoso e repetia para passar tudo. Depois descia no mesmo lugar e entrava para o bairro Portal”.

Veja o vídeo do último assalto. 

Os dois assaltos foram flagrados pela câmera do ônibus e as imagens mostram que o assaltante não se preocupou em esconder sua identidade e nos dois casos usava apenas um boné. O funcionário afirmou que a Polícia Civil já foi acionada. “A mesma pessoa efetuou os dois assaltos na Pedreira. A gente já registrou a ocorrência e vamos passar as imagens para a Polícia Civil para tentar identificar o meliante”.

Outro Crime. Além dos dois assaltos ao ônibus 582, outros dois ônibus da empresa foram roubados no último dia 15 porém, o crime aconteceu no ponto final do bairro Aeroporto, próximo a Pestalozzi. “Eram dois homens armados, eles chegaram de moto e não tiraram os capacetes, por isso, não conseguimos identificar”, relatou o funcionário.

Quem tiver informações que ajudem a localizar os criminosos pode ligar para o Disque Denúncia (181) ou para o Ciodes (190).

Deixe seu comentário

Comments are closed.