O Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) disponibiliza no site www.tjes.jus.br um link para que a sociedade em geral dê sugestões para o orçamento do Poder Judiciário do Espírito Santo, relativo ao ano de 2015. Os interessados terão até o dia 25 de julho para encaminhar suas demandas, que serão analisadas pela Assessoria de Planejamento da Presidência do TJES.

Por meio de um formulário, magistrados, servidores e a população em geral que utiliza os serviços da justiça capixaba podem registrar sugestões de solução ou melhoria, em face do problema ou oportunidade encontrados.

Segundo Adriano Vieira Spessimilli, assessor para Assuntos de Planejamento, Orçamento e Gestão Estratégica, este é o quarto ano em que ocorre o orçamento participativo e o terceiro ano em que a Internet é usada para interação. “O objetivo é fazer este trabalho, que a cada ano vem tendo uma participação mais interativa, para assegurar uma justiça mais acessível e célere.” O Tribunal de Justiça, afirma Spessimilli, tem acolhido as sugestões.

“Pela mostra do resultado de 2013 podemos observar que vários itens foram considerados. Evoluímos com a utilização da Internet, facilitando o processo de participação. Hoje, no primeiro dia da disponibilização do formulário on-line, já temos várias sugestões”, ressalta.

O assessor reforça que, ao longo dos anos, tem ocorrido a participação de mais pessoas, não só magistrados e servidores do Judiciário, e sim advogados e população em geral, além de servidores de outros órgãos.

Das 124 demandas de áreas específicas solicitadas por magistrados, servidores e cidadãos nas audiências públicas para a elaboração do orçamento do Judiciário capixaba relativo ao ano de 2013, 60 estão em análise ou em processo de aquisição. Outras 31 demandas já estão sendo executadas, enquanto outras nove já foram atendidas. Apenas 24 delas não puderam ser contempladas pelo orçamento.

Deixe seu comentário