Diante da liberação do Governador do Estado Renato Casagrande a respeito da reabertura das academias em todo o território capixaba, a Prefeitura de Guarapari permaneceu com o decreto municipal que proíbe a abertura desses estabelecimentos até o dia 31 de maio.

Em nota ao Portal 27, a Prefeitura Municipal de Guarapari ainda não se posicionou acerca do assunto. “O Comitê Municipal de Combate ao novo coronavírus irá discutir e definir a viabilidade de reabertura ainda esta semana”, afirmou o órgão, em resposta.

A Associação das Academias de Ginástica do Espírito Santo (ACAGES) esclarece que da maneira como as normas foram apresentadas pelo Governo do Estado, que visa atender 5 alunos no máximo, por hora, inclusive para estabelecimentos com mais de 75m², fica inviável para a maioria das academias.

“Da maneira como foram apresentadas, tais medidas atendem apenas aos pequenos estabelecimentos, como estúdios, gerando inviabilidade técnica e financeira de funcionamento, especialmente no que diz respeito às academias de médio e de grande porte. Essa inviabilidade acarretará, sem dúvidas, o fechamento de empresas e, consequentemente, promoverá a perda de postos de trabalho de diversos colaboradores, que dependem de seus esforços para manutenção do bem-estar de suas famílias”, disse a ACAGES.

Que finaliza dizendo, “esperamos ansiosos por medidas mais adequadas e mais justas ao atendimento de nossos clientes, logicamente, dentro de todas as normas de segurança especificadas pela OMS”.

 

 

Deixe seu comentário