Quatro bandidos armados renderam 23 pessoas que participavam de uma festa em uma casa alugada em Meaípe na madrugada deste domingo. Ao serem cercados pela polícia militar, os bandidos ainda trocaram tiros com os PM’s. Um homem foi preso.

Por volta das 3h30 deste domingo a quadrilha invadiu a casa onde o grupo de amigos realizava uma festa de Carnaval. Com armas em punho, os quatro assaltantes fizeram o grupo de refém e saquearam todos, levando todos os pertences de valor que puderam encontrar.

Foram recuperados vários celulares, relógios e óculos, além de perfumes de grife e jóias. foto: João Thomazelli/Portal 27
Foram recuperados vários celulares, relógios e óculos, além de perfumes de grife e jóias. foto: João Thomazelli/Portal 27

Mas ainda durante o assalto, vizinhos desconfiaram que algo de errado estava acontecendo na casa e ligaram para a polícia avisando da movimentação suspeita. Momentos antes da polícia chegar ao local, os assaltantes já haviam fugido.

Gabriel caiu do telhado de uma casa durante a fuga e foi detido pelos PM's.
Gabriel caiu do telhado de uma casa durante a fuga e foi detido pelos PM’s.

Para azar da quadrilha, um dos celulares roubados tinha um rastreador. Através do GPS do aparelho a polícia conseguiu localizar o grupo em uma casa no Bairro Mãe-Bá, em Anchieta.

Durante o cerco à residência os bandidos perceberam a movimentação de policiais e fugiram pelo telhado das casas no entorno. Cerca de 20 policiais participaram do cerco à residência. Na fuga, os bandidos atiraram contra os policias, que revidaram, mas ninguém ficou ferido.

Apenas um assaltante foi preso. O homem, identificado como Gabriel Miranda da Silva, 20 anos, tentava fugir pelo telhado de uma casa, mas acabou caindo e sendo detido pelos policiais.

Os quatro revólveres foram usados pelos bandidos para render o grupo de amigos. Foto: João Thomazelli/Portal 27
Os quatro revólveres foram usados pelos bandidos para render o grupo de amigos. Foto: João Thomazelli/Portal 27

No terreno onde estavam os bandidos, a polícia encontrou farto material proveniente de assaltos que a quadrilha estava praticando principalmente nas praias de Bacutia e Peracanga, na Enseada Azul, além dos quatro revólveres usados no assalto ao grupo de amigos. O material recuperado foi entregue ao plantão da Polícia Civil na Praia do Morro.

A polícia estima que o valor do material recuperado pode cegar a R$ 100 mil, já que vários relógios e cordões de ouro foram levados. “Uma das vítimas nos falou que o cordão, a aliança e a pulseira que ele usava custava mais de R$ 10 mil”, contou um dos militares que participou da ocorrência.

Deixe seu comentário