O trânsito no bairro Itapebussu pode passar por mudanças. É que a secretária de Postura e Trânsito, Cláudia Martins, se reuniu com representantes da Associação de Moradores e Amigos do Itapebussu (AMAI), na última quarta-feira (25) para discutir possíveis melhorias no tráfego.

O presidente da Associação de Moradores e Amigos do Itapebussu (AMAI), Renan Barros, se reuniu com a secretária de Postura e Trânsito, Cláudia Martins, para solicitar melhorias no trânsito do bairro. Foto: AMAI

O presidente da AMAI, Renan Barros relatou que um dos principais problemas apresentados foi a necessidade de uma nova opção de saída do bairro. “Temos uma grande dificuldade para sair do bairro, principalmente, no horário de entrada e saída das escolas. A saída principal da gente para Muquiçaba ou qualquer outro lugar é a avenida Antônio Guimarães e sentimos uma necessidade de tentar uma outra solução. Se conseguirmos resolver este problema, podemos pedir uma linha de ônibus para passar aqui porque da maneira que ela se encontra em horário de pico não tem como o ônibus passar porque iria travar o trânsito inteiro”.

Renan lembrou que o trânsito confuso gera acidentes frequentes no local e a segurança no trânsito também preocupa a comunidade. Ele revelou que a AMAI vai propor uma nova saída do bairro. “Ao invés de ser só a Antônio Guimarães como a principal saída queremos criar um caminho alternativo em que as pessoas possam sair por onde era o Polivalente e descer direto pela rua que fica por trás da Escelsa”.

Sinalização. Além de uma nova saída do bairro, a sinalização do trânsito também foi solicitada. “Nós pedimos a instalação de placas de trânsito em todo nosso bairro. Precisamos ter placas de Pare nos cruzamentos das avenidas que cortam o bairro porque algumas tem e outras não. Temos que ter placas de trânsito, principalmente, próximo a escolas”.

Nova reunião. Segundo Renan, após a reunião ficou acordado que um novo encontro seria marcado na avenida Antônio Guimarães para que a secretária pudesse verificar o problema de perto. “Eles ficaram de na próxima semana estar com a gente aqui no bairro para que a gente possa ver junto com eles em loco qual a principais soluções que a prefeitura pode fazer para poder dar vasão ao trânsito”.

Procurada, a prefeitura afirmou que está estudando a melhor maneira de atender a solicitação da Associação de Moradores, mas não informou a data da nova visita. “A Secretaria Municipal de Postura e Trânsito (Septran) informa que a Supervisão de Trânsito da Septran fará um estudo de trafego para analisar o que pode ser feito no local.  O pedido da associação foi de buscar novas saídas do bairro e diminuir o trânsito nas saídas das escolas. A intensão da Prefeitura é sempre fazer o melhor para a população, mas qualquer alteração só poderá ser feita após a realização deste estudo”, diz a nota da prefeitura. 

Comments are closed.