JB Padrão
Banner TOP

Um homem ainda não identificado foi preso ao dar entrada no pronto socorro da Santa Casa de Cachoeiro de Itapemirim. Ele é suspeito de ser o segundo assaltante envolvido no tiroteio que resultou na morte do policial militar mineiro, Boanerges do Bem Brandão, de 34 anos, e do outro assaltante identificado como Jonathas Ayres Severo da Silva, mais conhecido como “Alto Falante”, durante uma tentativa de assalto frustrada, em Itaipava, balneário de Itapemirim, na manhã desta sexta-feira (26).

O crime aconteceu na manhã desta sexta-feira (26) quando os dois irmãos policiais seguiam com a família para Guarapari.

Segundo testemunhas, o crime aconteceu por volta das 9h30, quando dois homens em uma moto abordaram o Prisma prata parado em frente a um posto de combustível, em que estava o PM que posteriormente acabou assassinado. Ele e o irmão, que também é policial, estavam com a família em Itaipava há três dias e na manhã de hoje seguiam para Guarapari. Boanerges teria parado para esperar o irmão que vinha em outro carro atrás e os bandidos viram que ele usava um cordão de ouro então o renderam. O irmão de Boanerges deu voz de prisão aos bandidos e então começou a troca de tiros.

Jonathas foi atingido pelos tiros e morreu no local e seu comparsa, mesmo baleado, conseguiu fugir com a moto em direção a Piúma, mas depois acabou indo parar em Cachoeiro de Itapemirim, onde foi preso. Os dois policiais também se feriram e foram socorridos para o hospital do município. Boanerges, que foi atingido no pescoço, não resistiu e morreu.

Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), o suspeito segue internado e sob escolta da Polícia Militar. 

Institucional Karla
Institucional M Conveniências [banner top]
Institucional MAllagutti
Banner Marcelo
Institucional Basic Idiomas

Padrão
Institucional Flex Motors [banner final]
Transparência (novo) – 700 x 90

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here