Já faz um ano que foi instituída a Transparência Guarapari. O projeto surgiu de um protesto contra o aumento de salários dos vereadores em 2012. A população não concordou com a aprovação da lei, se uniu e foi para as ruas. Depois, um grupo continuou unido e formou a ONG. Hoje, eles fiscalizam os poderes e ajudam a comunidade a lutar por seus direitos. Para conhecer melhor a ONG, conversamos com a presidente, Raquel Gerde.

Como foi o primeiro ano de trabalho da Transparência?

Não imaginei que seria um ano de tanto trabalho e difícil. Buscamos a  parceria da Transparência Capixaba para desenvolvermos nosso trabalho. Começamos trabalhando através do ato das ”CRUZES”. O aumento abusivo do salário do vereadores, onde conseguimos a redução do salário deles, palestras nas escolas em parceria com o Ministério Publico Estadual sobre conscientização politica com o tema ” O QUE VOCE TEM A VER COM A CORRUPÇÃO”, conscientizando a importância de todos participar da vida publica e a importância de cada um no combate a corrupção.

Ato das cruzes. Foto: Arquivo Institucional.
Ato das cruzes. Foto: Arquivo Institucional.

Depois atuamos muito junto com o Judiciário acompanhando todo processo dos dois pleitos eleitoral, principalmente, no processo do terceiro mandato do ex-prefeito, Edson Magalhaes, por ser inconstitucional, acompanhamos todo processo desde a primeira instancia até o STF. Vejo que nesse primeiro ano trabalhamos mais com a conscientização junto da população levando ao exercício da CIDADANIA e junto ao Judiciário dando suporte a todo processo dos dois pleitos eleitorais.

Quais as dificuldades que vocês enfrentaram durante esse período?

Dificuldades foram muitas, mas a maior acho que foi o fato da ONG ter nascido em pleno ano eleitoral. Não podiamos contar com parcerias de trabalho, por todos estarem envolvidos com campanhas partidárias e a ONG como apartidária precisava manter sua imparcialidade. Então, trabalhamos com um numero de voluntários muito reduzido, praticamente, com sua diretoria e contando apenas com recursos próprios. Conquistar a ”CREDIBILIDADE” da População e dos Poderes Público foi o nosso maior ”DESAFIO” e acredito que foi alcançado com êxito.

 

[checklist]

Leia também:

[/checklist]

A população está mais aberta a participar de movimentos contra os problemas da cidade?

Com certeza sim, vimos isto neste ultimo ato em prol da ”SAÚDE PUBLICA”, onde conseguimos reunir a população, representantes de entidades, conselhos e poder público, mas acredito que ainda falta um entendimento maior por parte de muitos da importância de participarem dos atos públicos. Até mesmo força de vontade por aqueles que tem conhecimento, muitos tem vergonha, outros visam seus próprios interesses e outros medos, mas não podemos NUNCA desistir de lutar pelos nossos direitos, independente do numero de pessoas. Porém, considero um GRANDE avanço e acredito que o movimento popular só está ganhando força. Precisamos unir forças já que todos tem o único objetivo que é o ”BEM” de Guarapari.

População participou do manifesto. Foto: Pompeia Castro.
População participou do manifesto. Foto: Pompeia Castro.

Quais os trabalhos que a ONG vem desenvolvendo?

A ONG esta desenvolvendo um trabalho de ”CONTROLE SOCIAL” através de grupos de trabalho. Já estamos com um grupo verificando a questão da SAÚDE em nosso município, onde vários documentos estão sendo preparados para diversos órgãos diferentes, buscando posicionamentos e solução para a questão da ”SAÚDE PUBLICA” e construção do nosso HOSPITAL.

Outro grupo já esta trabalhando a questão de darmos continuidade a ”EDUCAÇÃO POLITICA” nas escolas, onde já estamos com um projeto que será apresentado junto ao Ministério Publico, Secretária da Educação e demais órgãos competentes. Estamos acompanhando os trabalhos do Legislativo na Câmara, já começamos a acompanhar o trabalhos dos ”CONSELHOS” e também do Executivo.

Estamos buscando fazer parceria com as Entidades Civis Organizadas para estarmos trabalhando em conjunto,  inclusive, algumas já estão fazendo parte desses grupos de trabalho e continuarmos desenvolvendo um trabalho de “Transparência Pública e Combate a Corrupção”, fiscalizando o trabalho dos três poderes.

Quais ideias ainda serão colocadas em pratica pela Transparência?

Fazermos conferência sobre ”TRANSPARÊNCIA PÚBLICA E CONTROLE SOCIAL”. Vamos buscar a parceria do Controladoria Geral da União (CGU) para isto. Já estivemos mantendo contato com eles, mas informaram que só teríamos a participação deles após o término do período eleitoral.

Agora, vamos voltar a manter  contatos para realização essa conferência, onde queremos envolver entidades, escolas, conselhos e toda população de Guarapari. Também estamos buscando boas ideias ouvindo a população, entidades, nossos governantes. etc. Aquilo que for trazer educação politica para Guarapari e trazer melhorias para nossa cidade, fazendo de Guarapari uma Guarapari melhor, com certeza vamos abraçar e apoiar.

O que a ONG espera da nova administração municipal e da nova Câmara de Vereadores?

Esperamos que eles trabalhem com “Ética, Transparência e Respeito”. Esperamos que trabalhem ouvindo a sociedade e entidades civis organizadas e que, acima de tudo, façam um governo ”JUSTO E RETO”. Lembrando que a HONESTIDADE é um dever de todos NÓS, isso é o mínimo que esperamos dos nossos governantes.

Está havendo um bom diálogo entre a Transparência e os poderes?

Sim, lembrando que o novo prefeito ORLY GOMES acaba de tomar posse e esperamos que esse bom diálogo possa continuar.

Orly já empossado. Foto: Jamille Scopel.
Orly já empossado. Foto: Jamille Scopel.
Deixe seu comentário