No Dia 19 de Setembro é comemorado a Emancipação Política de Guarapari. Este ano a cidade celebra os 128 anos, mas com tantos monumentos históricos que possuem em média o dobro de tempo, como o Poço dos Jesuítas construído no século XVI, professoras da Escola Estadual “Dr. Silva Melo”, Polivalente, se reuniram em busca de descobrir o histórico local e valorizar este segmento do turismo, provando assim, que a Cidade Saúde contabilize  434 anos de história, desde os primeiro vilarejos.

Dado histórico. Para isso, procuraram pelos auxílios do vereador Thiago Paterlini (MDB), que não mediu esforços para juntos, fortalecerem a cultura local. A ideia de buscar este dado histórico de Guarapari surgiu em sala de aula, a partir do projeto escolar “Conheça, Valorize e Apaixone-se”, realizado com os alunos do 1º ano do ensino médio pelas professoras de artes e história, Fernanda Geraldo e Aline Brandão.

Aline Brandao, Thiago Paterlini e Fernanda Geraldo

Este método foi pensado como forma de levar aos alunos o conhecimento sobre a cidade em que residem, e valorizarem as primeiras colonizações do município. “Em sala de aula, percebemos que não existe uma exaltação da história local. Algumas pessoas comemoram o feriado de setembro, mas sem saberem o real significado do mesmo. Com isso, promovemos diversas exposições externas e críticas em sala, para que os estudantes tenham um olhar diferente, em relação a cidade onde vivem”, explica Fernanda.

Valorização. Mesmo com dificuldades de fontes de pesquisa, a vontade de mudar este dado é ainda maior e requer união, para que o turismo histórico local seja valorizado, indo além das praia, que são as principais atrações da cidade. Por isso, Fernanda e Aline procuraram o poder Legislativo, para que projetos sejam levados ao plenário.

Em reunião, passaram a ideia ao vereador Thiago Paterlini, que abraçou a causa. “É de extrema importância a valorização da história do nosso município. Isso envolve um outro turismo para a cidade, por isso, antes mesmo delas concretizarem a ideia, é preciso que reformas e manutenção dos principais pontos sejam feitas, para que o turista saiba onde encontrar as referências. A começar pela Casa da Cultura. Enquanto vereador, irei ajudar de todas as formas para que a valorização de nosso passado seja dada a devida forma. Só temos a ganhar com este estudo”, reforça o parlamentar.

Como o assunto é de interesse e reflete na população, reuniões públicas serão marcadas, para que a sociedade tome conhecimento e opine sobre a ideia. As datas serão divulgadas em breve.

Entenda a busca: Guarapari possui a data da emancipação política, que é 19 de setembro de 1892. O projeto consiste em passar para uma data histórica de colonização do município, que ficaria com 434 anos. A emancipação política dos estados e municípios brasileiros, se deu aproximadamente na mesma época, porém a colonização de Guarapari aconteceu séculos antes. A idade de 434 anos, a nível turístico, chama muito mais atenção que os 127 de emancipação política. A ideia é que o foco seja dado às origens locais, não ao lado político, assim como já ocorre em Vila Velha, por exemplo, que celebra a Colonização do Solo Espírito-santense.

Deixe seu comentário