Super-Estrelando

A dupla sertaneja, Victor e Léo, concede entrevista com exclusividade ao Super Estrelando, que destaca os novos projetos da carreira artística destes dois, que tem muito apoio amor e carinho dos  fãs. Confira conosco a entrevista.

IMG_3515

Juan Miguel: Vocês que são uma dupla sertaneja de sucesso de irmãos cantores, compositores, arranjadores e produtores. Compartilhem conosco, como é idealizado e inspirado o projeto de cada lançamento de um novo álbum sertanejo de vocês?

Victor Chaves: Acredito que a cor de qualquer trabalho artístico parta de referências de quem o cria, aliando-se a isso, a criatividade, que é o que dará os ares da originalidade. Como temos referências diversificadas, que vão, desde a música sertaneja de raiz, em que ouvíamos Sergio Reis, Renato Teixeira, Almir Sater, Milionário e José Rico, entre outros, até Dire Straits, JamesTaylor, Neil Young, etc.

Para tanto, nosso processo de criação passou a ter uma cara que mescla a música sertaneja com o folk, o rock, o pop e o romântico. Cada álbum representa uma fase diferente em relação à nossa forma de sentir e de expressão. Mas como somos muito diferentes um do outro, procuramos mesclar as idéias alternando os arranjos e complementando as fases de gravação, mixagem e finalização.

Juan Miguel: Os fãs querem saber: qual a recepção da música sertaneja brasileira no exterior? Como foi a experiência da dupla em fazer shows em outros países?

Victor Chaves: Num geral, não sabemos dizer, pois a música sertaneja, hoje, mais que nunca, é tão diversa, que não se pode afirmar que uma dupla ou cantor sertanejo esteja inserido no mesmo universo musical que outro, mesmo pertencendo ao mesmo gênero.

Porém, nossa experiência fora do Brasil foi excelente, em que pudemos perceber, além da receptividade genuinamente calorosa, o quanto a música tem o poder de aproximar pessoas distantes de sua pátria a seus entes queridos, apenas por cantar e ouvir.

Juan Miguel: Léo, como você se sente com relação ao prêmio, o Grammy Latino?

Léo: Até aqui, foram 5 álbuns indicados ao Grammy e agora, claro, sinto-me honrado e feliz em recebê-lo.

Juan Miguel: O que você pensa sobre isso, o que você gostaria de dizer sobre a premiação que vocês receberam?

Léo: Aos que nunca acreditaram em nossa música, nosso perdão, porque não sabem que ela foi feita para todos, em processo de doação, fruto apenas daquilo que podemos oferecer. Não há os melhores para a arte. Há os que fazem com amor. Ao mesmo tempo, desde que passei a conhecer incontáveis histórias de pessoas acamadas testemunhando melhoras através da música nossa e de outros tantos, além do não menos importante prazer de ser puro e simplesmente ouvida num automóvel, percebi que toda e qualquer premiação não nos pertencerá.

Seremos apenas representantes daqueles que se doaram ao nosso lado, em igualado nível de capacidade, tanto na montagem de equipamentos quanto tocando, pensando, sentindo, cantando ou ouvindo. Há muito mais que se fazer e se importar além de momentâneo glamour associado à mera vaidade. Que o trabalho musical se finque onde músicos não o usem para se promoverem e sim, usem para promover a música.

 VictorELeo-FotoCapa

Juan Miguel: E você Victor Chaves, o que nos diz sobre o prêmio?

Victor Chaves: Deixo nosso profundo respeito aos colegas indicados, com méritos iguais por diferentes cores, pois esta premiação tão importante, caberia apenas ao representante, não ao melhor.

Victor e Léo Qual a mensagem de vocês a este público brasileiro maravilhoso que cada vez mais vem prestigiando o Sertanejo?
Léo: Todos tem uma parcela de responsabilidade!!Especialmente aqueles a quem chamamos de família, nosso público, seguidores, fãs do Brasil e do mundo!!Obrigado!!!

Victor Chaves: À todos os profissionais envolvidos, banda, equipe, vídeo, produção, escritório, gravadora,etc…Nosso muito obrigado!!! Aos artistas convidados por terem se doado em arte!!

Juan Miguel: Victor e Léo, muito obrigado pela gentil entrevista!

Veja uma musica do CD/DVD “Ao Vivo em Floripa”,  de Victor e Leo que venceu o Grammy Latino de “Melhor Álbum de Música Sertaneja” .

http://youtu.be/pvOp4L9nvTE

 

EXPEDIENTE:

Colunista: Juan Miguel
Editor Chefe: Shando Uriel
Jornalista Responsável: Filipe Dias
Assistente de Jornalismo: Helena Campbell
Produção: Redelenco
Contato: Juliana Chiavassa
Vida Boa Shows e Eventos
Apoio: Portal27

 

Deixe seu comentário

Comments are closed.