Aumento do índice de natalidade. Aumento do número de veículos. Aumenta quase tudo, menos a capacidade de comportar todo esse crescimento.

Esta realidade pode ser encontrada em boa parte das cidades brasileiras, em especial as grandes metrópoles que com isso necessitam, em caráter de urgência, tomar medidas que melhore a mobilidade nas zonas urbanas.

É preciso, antes de qualquer coisa, ter uma readequação no Plano Diretor Municipal, muitas vezes defasados em virtude do constante crescimento nas cidades.

A questão da mobilidade urbana é um assunto que cada vez mais entra em pauta nas municipalidades, visto que estamos perto de uma época em que nosso país terá de se adequar para comportar um grande número de turistas. Copa das Confederações é só o início, nada perto do choque que o Brasil irá ter na Copa do Mundo, mais precisamente a cidade do Rio de Janeiro que além destes eventos sediará as Olimpíadas em 2016.

MU04

O Planejamento de mobilidade urbana passa por inúmeros aspectos. Melhoria da locomoção nas vias de pedestres, ciclistas e veículos automotores, melhoria da qualidade do transporte público urbano, visando a melhor forma do local receber essa quantidade exorbitante de pessoas sem ter que ao final virar um pesadelo.

A forma como recebemos as visitas ou despertará a vontade de retornarem, trazendo assim um lucro certo para o local, ou fará com que a pessoa tenha um trauma e não queira mais retornar.

Estou citando esses eventos somente como forma de exemplificar a situação. Conforme dito no início as cidades estão em crescimento, seja com ou sem estes eventos.

O Plano Diretor do Município de Guarapari (PDM ou PDU – Plano Diretor Urbano), instituído no ano de 2007 claramente necessita de ser atualizado. Isso não é novidade pra ninguém e a questão temporal, anexada a outros fatores, deve sim ser levada em consideração.

Toda cidade que tem a pretensão de evoluir passa por grandes mudanças ao longo das dos anos. Não é diferente em Guarapari.

Tais mudanças englobam não somente a questão da composição física das zonas urbanas e rurais. Comporta também o aumento de população e dos veículos. Diante disso é de extrema importância que todo município tenha um plano de mobilidade urbana, visando um melhor fluxo de automóveis e pedestres nas zonas urbanas da cidade.

Cada vez mais se vê em nosso município a necessidade de readequação de nossas vias públicas à necessidade atual. Também nota-se que há um enorme crescimento imobiliário, com cada vez mais empreendimentos sendo realizados a fim de construírem edifícios. Fato este que contribui ainda mais para o crescimento populacional, fazendo com que a necessidade de uma atualização de nosso Plano Diretor se torne ainda mais urgente.

O crescimento em qualquer município deve ser proposto de forma coordenada e não de forma desenfreada que no final leva o local a uma situação caótica.

Por Cristiano Gomes Menezes

 Cristiano - escritorio

 

Cristiano Gomes Menezes

E-mail: Cristiano.menezes@souzajunior.adv.br

Advogado e Consultor Ambiental- OAB/ES 17.333

Tel: (27) 3261-5596

Celular: (27) 9522-9025/ (27) 8858-0418

Site: www.souzajunior.adv.br

image001

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário