Minha coluna, que era para ser  semanal, está praticamente mensal, mas explico: Passei o mês protestando contra a minha falta de tempo para produzir textos e, após quebrar um copo, consegui redução da passagem de roupa. A PM (patroa mandona), não me bate mais e eu também passei a ser um PM (pau mandado).

Mas voltando ao assunto principal, tive que me atentar a focar o assunto “Circo”. Afinal, o circo (de verdade) chegou (saiba aqui) e o “virtual”, continua. E isso está deixando nosso amigo e Governador Renato Casagrande meio triste, cabisbaixo e meditabundo.

casagrande

O circo “virtual”, que a população já cansou de ser o palhaço, enfim, deu uma acordada. A semana foi, literalmente, quente. Rumores dão conta que a empresa dos ônibus amarelinhos passará a se chamar “ASSATUR”.

Mas enfim, vamos à pauta de hoje:

Fogo e foco

Com o sucesso avassalador do primeiro ato contra a corrupção em Guarapari, no qual deu cerca de 7000 pessoas (estimativa), com direito à interdição da ponte, tropa de choque achando que era Cosme e Damião distribuindo bala de borracha para tudo em quanto é lado (claro que foi em cima dos meninos malcriados que fizeram bagunça), logo se organizou o segundo ato. Mas parecia que já não tinha mais tanta foto assim para tirar para o Instagram e para o Facebook e, mesmo contando as pessoas que estavam no ponto de ônibus nos fundos do Radium Hotel, não chegou a dar 150 pessoas. Ao mesmo tempo, as comunidades de São José, São Gabriel, Bela Vista e Nossa Senhora da Conceição se uniam para interditar a Jones dos Santos Neves, após uma senhora e sua filha terem sido atropeladas (as duas vieram à óbito). Foi fogo em lixo, promessa de interdição todos os dias até resolverem o problema de redutores de velocidade no local e até derrubaram os radares que já existiam.

Mas isso foi o ponto que eu não entendi: querem redutores de velocidade e quebraram o radar? Bom, isso também chateou Renato “Big House” (até por que o trecho da Rodovia é responsabilidade do DER e não da Prefeitura).

Como não teve um bom senso e nem respostas quanto à solução dos problemas, os moradores se reuniram novamente e fizeram um churrasco inusitado: Ônibus assado. Aí sim, depois disso, eles (os representantes das comunidades) se reuniram com uma sócia da ASATUR, com o Vereador Thiago Paterlini e outras empresas para resolver o problema referente à linha de ônibus nos bairros. Até agora o DER apenas se pronunciou, sem prazos. Porém, ficou o convite para todo mundo da 2ª churrascada de coletivo da Jones dos Santos Neves, caso nada aconteça por lá.

Foco e choque

O pedágio também foi vítima de protestos. Claro que não estou falando do da 3ª Ponte, mas a praça que existe em Guarapari,  na Praia do Sol. Os protestos pedem o fim do pedágio nos dois locais de cobrança. Inclusive, até o fechamento deste texto, existem pessoas acampadas na Assembleia Legislativa aguardando o fim do pedido de “vista do processo” que um dos Deputados pediu e que gerou ainda mais ira dos manifestantes e novo confronto com a tropa de Choque. Aqui em Guarapari o fim do pedágio seria fundamental, principalmente, para as pessoas que moram nos arredores da praça de cobrança e trabalham aqui em Guarapari. Um pouco de bom senso, como cadastrar as pessoas que moram e dar um “passe livre”, evitaria esse tipo de confronto ou reclamação. Mas parece que é mais fácil consertar o que foi quebrado. Quem fica feliz são os vidraceiros e madereiros com tanta baderna. As vendas de portas de vidro e madeirite aumentaram bastante no último mês.

Control+C e Control+V

Você que usa computador, mas só sabe ligá-lo e acessar o Facebook para ver fotos, deveria saber que Control(Ctrl)+C e Control+V são comandos para você copiar e colar alguma coisa. Na internet, usamos a palavra “Kibe” para figurar esse tipo de coisa. O termo “Kibe”, figurando o ato de copiar algo que já foi criado sem dar os devidos créditos, é uma singela homenagem a um site que tem o mesmo nome e é bem famoso, principalmente pela prática tão pouco nobre.

Depois dessa pequena explicação, gostaria de deixar a pergunta no ar: A nova logo da atual administração Municipal: seria um Kibe dos grandes? Fica aí com essa pequena pulga de Tiranossauro atrás da sua orelha.

Enfim, vamos pro Circo (o de verdade) pois um pouco de palhaçada (de verdade) não faz mal à ninguém.

Todas os comentários desta coluna  foram feitos à partir de notícias publicadas no Portal 27 entre 01 e 05/07/2013.

Deixe seu comentário