Implantação de novas unidades, ingresso de mais militares e mais recursos operacionais fazem parte do planejamento do Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES) para diminuir o tempo de resposta no atendimento de ocorrências de incêndio e de socorro no Estado. Desde 2011, cerca de R$ 18 milhões foram investidos na instituição pelo Governo do Estado e, para este ano, está previsto um investimento de R$ 17 milhões em equipamentos, viaturas, manutenção e na construção de novas sedes.

Atualmente, existem 11 unidades do Corpo de Bombeiros no Espírito Santo. A previsão é de que sejam inauguradas mais três novas unidades nos municípios de Guaçuí, Anchieta e Cariacica. Com a inauguração desses locais, espera-se que o tempo de resposta para o atendimento de ocorrências seja reduzido. 

“Com mais presença do Corpo de Bombeiros nos municípios de Guaçuí e Anchieta pretendemos redirecionar as demandas para as novas unidades e assim desafogar os atendimentos do 3º Batalhão em Cachoeiro de Itapemirim que, atualmente, atende 20 municípios. As ocorrências serão atendidas em menor tempo e a tropa terá um ambiente totalmente novo e humanizado para se instalar”, explica o comandante geral do CBMES, Edmilton Ribeiro Aguiar Junior.

A estrutura da unidade padrão do CBMES tem 1,5 mil m² de área, distribuída por dois pavimentos. Os recursos, com valores de, aproximadamente, R$ 2,2 milhões, são provenientes da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp). A construção é dividida em sala de instrução, recepção, almoxarifado, academia, sala de apoio e expurgo. O segundo pavimento oferece alojamentos e vestiários masculinos e femininos, sala de reunião, sala administrativa, sala de comando, refeitório e recreação e cozinha. As obras estão sendo gerenciadas pelo Instituto de Obras Públicas do Espírito Santo (Iopes).

Municípios que já têm a presença do Corpo de Bombeiros também recebem investimentos tais como Vitória, que no ano passado ganhou uma sede totalmente nova. O mesmo acontece em Vila Velha e Serra, onde obras para implantação de novas sedes são realizadas.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CBMES

Deixe seu comentário