O empate de 0 a 0 contra o México deu um  susto ao Brasil, que na estreia começou perdendo, mas, virou e ganhou de 3 a 1 da Croácia. Contudo, na última rodada da fase de classificação do Grupo A, todas as circunstâncias são favoráveis à Seleção Brasileira. E até mesmo com uma improvável derrota para os camaroneses, que ninguém espera, a nossa Seleção poderá se classificar dependendo do resultado da outra partida entre México e Croácia.

Os dois jogos acontecem na segunda-feira, dia 23, às 17 horas.  A Seleção Brasileira enfrenta Camarões, na Arena Mané Garrincha, em Brasília, enquanto o México enfrenta os croatas na Arena Pernambuco. E o Brasil só depende dele. Com uma vitória simples ou mesmo empatando contra os Camarões, a equipe de Felipão se classifica para as oitavas de final sem depender do resultado entre México e Croácia.

jogadores-do-brasil-comemoram-terceiro-gol-marcado-contra-a-espanha-e-o-segundo-de-fred-
O torcedor quer ver gol. O Brasil ficou com o grito de “gol” guardado na garganta.

Tudo a nosso favor

A classificação do Grupo A mostra o Brasil na liderança com 4 pontos ganhos e saldo positivo de 2 gols. Em segundo lugar, aparece o México, também com 4 pontos ganhos e saldo positivo de 1 gol. Na terceira posição vem a Croácia com 3 pontos ganhos e 3 gols de saldo. Em último lugar e já desclassificada, está a Seleção de Camarões, sem nenhum ponto ganho e saldo negativo de 5 gols. Essa classificação é fruto dos seguintes resultados: Brasil 3 a 1 contra a Croácia e 0 a 0 contra o México; México 1 a 0 contra Camarões e 0 a 0 contra o Brasil; Croácia 1 a 3 contra o Brasil e 4 a 0 contra Camarões; e Camarões 0 a 1 contra o México e 0 a 4 contra a Croácia.

Assim, o primeiro fator favorável ao Brasil é que vamos enfrentar uma seleção já desclassificada e, certamente, uma das piores equipes deste Mundial, que é a seleção de Camarões. Com muitos problemas internos e até brigando entre si, os camaroneses enfrentarão o Brasil apenas para cumprir tabela. Em contrapartida, os mexicanos enfrentarão a Croácia que, com 3 pontos, ainda tem reais chances de classificação.

Portanto, ganhando ou empatando contra Camarões, o Brasil estará classificado, independente, do resultado em Pernambuco. Com uma vitória, a Seleção Brasileira vai a 7 pontos ganhos e se classifica em primeiro lugar no grupo. No caso de empate, vamos a 5 pontos ganhos e nos classificamos em segundo lugar. Isso porque, se os mexicanos ganharem eles também vão a 7 pontos ganhos e se classificam, como também, a exemplo do Brasil, passam para as oitavas de final, mesmo com um empate, classificando-se com 5 pontos ganhos. E com vitória dos croatas, eles também se classificam, independente do resultado de Brasil e Camarões, pois, iriam a 6 pontos ganhos e tirariam o México.

selecao-brasileira
O torcedor veste a camisa.

 Fazendo contas

Então, diante da atual classificação, tanto Brasil, como o México e Croácia dependem de vitória para se classificarem independente dos concorrentes, sendo que a situação mais confortável é a do Brasil devido ao saldo de gols.

 Sendo assim, o único resultado ruim para o Brasil, entre México e Croácia seria o empate. Pois, caso esse resultado aconteça na Arena Pernambuco e, ao mesmo, aconteça a desgraça de uma derrota do Brasil para Camarões, estaríamos desclassificados. Já que com o empate diante da Croácia, o México iria a 5 pontos, enquanto a Croácia chegaria aos 4 pontos ganhos, permanecendo com os mesmos 3 gols de saldo. E com a improvável derrota diante de Camarões, o Brasil continuaria também com 4 pontos, mas, perderia no saldo de gols para os croatas.

Aprofundando um pouco mais nos cálculos e chegando quase ao imponderável, o Brasil ficaria de fora também com derrota do México. Nesse caso, a improvável derrota do Brasil para Camarões teria que ser, por exemplo, um desastre de 3 a 0 (ou mais) e o México perdesse,  mas, desde que sofresse menos gols que o Brasil. Aí, a classificação viria por outros critérios, como melhor ataque, melhor defesa, etc. Por exemplo, no caso de um desastre de 3 a 0 a favor de Camarões, e de 1 a 0 para a Croácia, o Brasil passaria a ter um saldo negativo de 1 gol, e o México com saldo zero, o que classificaria a equipe mexicana.

selecao-brasileira.jpg.,
Seleção Brasileira 2014.

Resumindo

O Brasil só não se classificará para as oitavas de final, caso perca de Camarões e haja empate entre México e Croácia, ou mesmo com uma  derrota do México com número de gols inferior aos sofridos pelo Brasil. Que convenhamos, será muito difícil, quase impossível, de acontecer uma derrota por 3 a 0 diante dos camaroneses.

Então, na tarde de segunda-feira, o negócio para o Brasil é entrar em campo, jogar o futebol arte que já levou a Seleção ao pentacampeonato e, com um pouco mais de garra, ganhar de Camarões e se classificar, independente do que farão mexicanos e croatas.

Para isto, basta que os jogadores da Seleção sigam a lição que o goleiro Júlio César passou logo após o treino, em Teresópolis, nesta quinta-feira, quando enfatizou que o jogo contra Camarões deve ser encarado como uma final:  “É uma seleção fisicamente forte. Independentemente de estar eliminada vai querer mostrar serviço. Todo mundo quando joga com o Brasil se dedica mais. O próximo jogo é nossa final de Copa do Mundo. Temos que entrar com a mesma seriedade dos últimos jogos para ficar em primeiro do grupo. Passar em primeiro é o nosso objetivo. Procuramos fazer sempre o melhor. Não pensando em fugir de A ou B. Passar em primeiro do grupo traz confiança. Isso é o mais importante”, disse o goleiro do Brasil. 

Por Renato Ferreira

 Acompanhe Renato Ferreira também no Blog: www.renatojogoaberto.blogspot.com

Deixe seu comentário