A Câmara Municipal de Guarapari, realiza hoje (13), a sua festa de Entrega do Título de Cidadão Guarapariense. A festa ia acontecer no dia 18 de setembro (confira aqui), mas foi cancelada por que iria ocorrer justamente no dia em que o Delegado Pascoal, entregou o inquérito pedindo a prisão de dois vereadores (Veja aqui)

Na ocasião a Câmara explicou por nota o adiamento da festa. “Diante da situação política que se encontra o município, os vereadores resolveram adiar a Sessão Solene Itinerante de Entrega dos Títulos de Cidadão Guarapariense para o mês de novembro. Pedimos desculpa pelo transtorno e estejam certos de que entraremos em contato quando a nova data estiver definida”, disse a nota.

Vereadores foram contrários ao projeto.
Durante a sessão, cada vereador homenageará duas personalidades com os títulos. Já a Mesa Diretora poderá entregar cinco comendas.

Festa. A festa, que vai custar R$21,5 mil reais (confira a publicação abaixo), é uma sessão solene, que vai acontecer no Centro de Eventos Guará. Os vereadores vão entregar dois títulos a pessoas que não nasceram em Guarapari. Ao todo trinta e nove títulos serão entregues na solenidade.

festa

Explicações. O portal27 perguntou ao presidente da Câmara Municipal de Guarapari, Wanderlei Astori (PDT), se nesse momento de crise no município e com a investigação em andamento, é necessário realmente fazer a festa de entrega do titulo de Cidadão Guarapariense, gastando mais de 20 mil?  A resposta veio através da assessoria da casa, que informou “Se tratar também de uma tradição em Guarapari de suma importância histórica para o nosso município”.

Confira abaixo a nota a integra.

“A Câmara Municipal de Guarapari informa que está realizando a sessão solene de entrega de título de cidadão guarapariense pois é dever do presidente desta Casa de Leis cumprir a Lei Orgânica Municipal, que estabelece em seu artigo 323, que seja feita a sessão anualmente, além de se tratar também de uma tradição em Guarapari de suma importância histórica para o nosso município. Informamos ainda que estamos organizando uma festa simples e a mais econômica dos últimos anos”.

 

Deixe seu comentário