Mais uma criança morreu depois de ser atendida no Hospital Francisco de Assis e liberada pelos médicos. Na noite da última segunda-feira, o pequeno Abinadab Lael Pompermayer, de quatro anos, sofreu uma parada cardiorrespiratória nos braços da mãe e morreu, mas antes deste desfecho trágico, a criança já havia sido levada para o hospital e foi diagnosticada com um quadro de gastroenterite.

De acordo com a família, no último domingo (07) a criança foi levada ao HFA passando mal e foi diagnosticada com uma virose e liberada pelo médico. Como o quadro da criança não melhorava, no domingo à noite a família levou o pequeno Abinadab novamente ao pronto socorro e desta vez foi diagnosticado com um quadro de gastroenterite aguda viral. O médico passou medicação e orientou o tratamento em casa, mas na segunda-feira à noite o menino desmaiou nos braços da mãe e foi socorrido por uma ambulância da Secretaria de Saúde que passava na rua no momento.

Abinadabe deu entrada no pronto socorro com parada cardiorrespiratória. A equipe do hospital tentou reanimar a criança, mas não obtiveram êxito e morte foi constatada às 22h10. O Serviço de Verificação de Óbito constatou que Abinadabe morreu em decorrência de um problema no coração.

O pai contou que Abinadabe se queixava de dores abdominais, mas por causa da pouca idade, não sabia explicar direito onde era a dor. a mãe contou que ainda não sabe aconteceu.

“Eu não consigo definir direito o que aconteceu, mas como ocorreu com meu filho, acontece com muitas crianças. Todo o diagnóstico, tanto do HFA quanta da UPA, eles dizem que é virose e no caso do meu filho não era virose”, desabafou a mãe. Ela acredita que faltaram exames mais minuciosos para determinar o problema da criança. A família não tinha conhecimento de que o pequeno Abinadabe tinha problemas cardíacos.

O velório e sepultamento foi realizado ontem.

Em nota o HFA esclareceu o passo a passo do atendimento da criança, mas não explicou a falta de diagnóstico de um problema cardíaco. Disse apenas que em momento algum a família falou do problema cardíaco para os médicos.

Confira a nota do HFA na íntegra aqui.

Comments are closed.