Passado o susto do temporal que atingiu Guarapari no final da tarde de ontem, agora é hora de contabilizar os prejuízos. Não foi registrado nenhum ferido, mas dezenas de ocorrências de árvores caídas e casas destelhadas foram feitas. Os ventos podem ter passado dos 75km/h em alguns locais.

O pior caso foi de uma loja de material de construção na Praia do Riacho que teve o telhado arrancado pelos ventos. Diversas árvores, algumas delas centenárias, também foram arrancadas pelo vento nas margens da BR-101.

O telhado da loja foi completamente destruído pelos ventos. Foto: colaborador Marcos Santos

O proprietário da loja ainda não pôde calcular o tamanho dos prejuízos, mas sabe que amanhã estará funcionando normalmente.

“Os prejuízos ainda estão sendo contabilizados. O vento arrancou apenas o telhado, mas água da chuva se infiltrou pela laje e acabou molhando muita coisa do estoque. também não sabemos se a energia elétrica estará restabelecida, mas estaremos lá trabalhando. Não podemos parar”, declarou Pedrinho Klippel.

Árvore centenária arrancada pelos ventos de sábado. Foto: divulgação PM

O coordenador da Defesa Civil em Guarapari, Romildo Scalzer, explicou que os estragos maiores foram causados pelos ventos. “Era esperado ventos de até 75 km/h, mas acredito que em alguns locais as rajadas devem ter passado disso. tivemos vários registros de árvores derrubadas pela cidade, além de placas de lojas e algumas casas destelhadas, mas nenhum registro de feridos. Vários bairros também ficaram com o fornecimento de energia elétrica comprometidos por algum tempo”.

Durante todo o domingo equipes da EDP trabalharam em vários pontos da cidade para restabelecer o fornecimento de energia elétrica.

Deixe seu comentário