Banner TOP
JB Padrão
Ribero e Padua

O deputado estadual Edson Magalhães (PSD), continua sua luta para resolver seus problemas junto à justiça. Esta semana, um recurso dele que tramitou no Superior Tribunal de Justiça (STJ), foi divulgado maciçamente no mundo político e até pelo WhatssApp, dando conta que o deputado e ex-prefeito de Guarapari, estaria com uma decisão de improbidade no STJ, ficando definitivamente fora da disputa pela prefeitura de Guarapari.

Edson Deputado
Recurso de Edson, que tramitou no Superior Tribunal de Justiça (STJ), foi divulgado maciçamente no mundo político e até pelo WhatssApp.
STJ
Documento era uma consulta ao Sistema do STJ mostrando que Edson recorreu, mas o recurso não foi aceito pelos Ministros.

Não procede. O Portal 27 entrou em contato com a assessoria do STJ, que explicou que a informação não procede. Segundo o STJ, não se trata de um processo finalizado de improbidade.

Na verdade, Edson entrou com “Embargos de Divergência”, ou seja, recorreu contra uma decisão do Tribunal de Justiça do Estado (TJES), relativa a um processo de improbidade. Esse processo foi aberto pelo Ministério Público do Estado (MPES), pela contratação de médicos sem concurso público, quando Edson era prefeito da cidade.

O que diz o documento que está circulando, é que o STJ negou o recurso de Edson, que queria “trancar” este processo de improbidade no TJES. O recurso foi negado pelo STJ e o processo continua tramitando normalmente no Tribunal de Justiça do Estado (TJES). O Portal 27 apurou que são pelos menos 14 processos de Edson que estão tramitando na corte do STJ.

Ideally
Camara Municipal de Guarapari – Participe

Banner Marcelo
Institucional MAllagutti