Para desenvolver um trabalho em busca de locais e áreas onde possa ser instalado um polo empresarial, a Superintendência de Projetos de Polarização Industrial (Suppin), autarquia da Secretaria de Desenvolvimento do Espírito Santo (Sedes) e a Prefeitura de Guarapari assinaram um convênio de cooperação técnica e administrativa, que possibilitará a Suppin identificar áreas onde possam ser instalados polos ou micropolos no município.

O trabalho da Suppin será desenvolvido acompanhando as diretrizes apontadas no documento EVTE (Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica) de Guarapari, cuja cópia foi entregue recentemente ao município.

guaa5_
Danilo Juffo (diretor adjunto da Suppin), Carlos Roberto Rafael (diretor-geral da Suppin) e o prefeito Orly Gomes da Silva.

Em uma reunião que aconteceu na sede da Prefeitura Municipal de Guarapari, estiveram presentes o diretor-geral da Suppin, Carlos Roberto Rafael, e o diretor adjunto, Danilo Juffo. Na prefeitura, o prefeito Orly Gomes da Silva estava acompanhado do vice-prefeito Gabriel Costa, da secretária de Desenvolvimento e Expansão Econômica, Sônia Meriguete e do secretário adjunto de Desenvolvimento e Expansão, Danilo Bastos.

“Recentemente o vice-prefeito esteve na Suppin acompanhado da secretária Sônia Meriguete e na oportunidade os dois foram recebidos pelo nosso diretor geral, Danilo Juffo, que explicou em detalhes tudo que a Suppin poderia fazer para o município de Guarapari através de um convênio de parceria. O prefeito mostrou-se interessado em estreitar a relação de trabalho com a Suppin e fomos pessoalmente ao município para explicar ao prefeito como e de que forma a Suppin pode ser parceira em busca da identificação e regularização de áreas para novos empreendimentos”, destacou Carlos Rafael.

guaa4_
Na presença de secretários, o prefeito Orly Gomes da Silva ouve a explicação da diretoria da Suppin.

Caracterização socioeconômica

O município de Guarapari está localizado na Região Metropolitana da Grande Vitória ao sul, fazendo divisa com os municípios de Vila Velha, Viana, Marechal Floriano, Alfredo Chaves e o Anchieta, este último, faz parte da Região Expandida Sul e onde estão previstos a implantação de diversos grandes empreendimentos, como a Companhia Siderúrgica de Ubu (CSU), um porto da Petrobras, além da já existente Samarco, que também deve aumentar sua capacidade produtiva nos próximos anos.

Desta forma, observa-se no EVTE que apesar da atual vocação do município de Guarapari para receber empreendimentos com fins turísticos, estas características devem se alterar com a instalação de grandes empreendimentos nas proximidades, principalmente em Anchieta.

guaa2_
Danilo Bastos (secretário adjunto de Desenvolvimento e Expansão de Guarapari), Danilo Juffo (diretor adjunto da Suppin), prefeito Orly Gomes da Silva, Carlos Roberto Rafael (diretor-geral da Suppin), vice-prefeito Gabriel Costa e a secretária Sônia Meriguete.

A rede de fornecedores destas empresas que se instalarão na região, é uma oportunidade para Guarapari, já que atualmente o município, por ser o mais populoso dos municípios do litoral Sul do Espírito Santo, é o que apresenta a melhor capacidade de fornecimento de mão de obra. Além disso, dos municípios do Sul, Guaparari também é o que apresenta melhor oferta de serviços, como saúde e educação. Porém, ressalta-se que tal característica só ocorrerá se os empreendimentos se instalarem realmente na região.

Guarapari também polariza uma série de serviços para a região litorânea sul do estado do Espírito Santo, como saúde, educação, comércio, entre outros. O município tem condições de qualificar mão de obra local para atender aos empreendimentos futuros, além de atrair sua cadeia de fornecedores.

guaa1_
Observado pelo diretor adjunto da Suppin, Danilo Juffo, Carlos Roberto Rafael e o prefeito Orly Gomes da Silva assinam o contrato de parceria..

Segundo apontam os estudos do EVTE, o município apresenta características para receber um empreendimento de polarização voltado para os empreendimentos previstos para a região. Já houve empresas com intuito de se instalarem na região ou se realocarem para melhorar a sua eficiência e expandir seus negócios para atender a esses empreendimentos previstos. E o tipo de empreendimento de polarização viável, seria então o de um Polo Empresarial.

Fonte: Suppin

Deixe seu comentário

Comments are closed.