O Governo do Estado irá enviar câmeras de vídeo monitoramento para 16 municípios capixabas, entre eles Guarapari. A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) investiu, aproximadamente, R$ 41 milhões na aquisição de 1.000 câmeras de segurança. Dessas, 80 serão instaladas aqui na Cidade Saúde.

A vigilância tecnológica nas ruas faz parte do projeto que integra as ações do Programa Estado Presente, uma das prioridades do Governo do Espírito Santo, que objetiva enfrentar a violência com ações policiais e de inclusão social. O convênio foi feito com 16 municípios e foi firmado na tarde desta quarta-feira (08).

Câmeras devem ser instaladas em até 180 dias. Foto: Divulgação.
Câmeras devem ser instaladas em até 180 dias. Foto: Divulgação.

“Em uma semana foram três ações em favor da redução da criminalidade. Na segunda-feira, lançamos o dispositivo Placa Legal, ontem, lançamos o edital de contratação das tornozeleiras eletrônicas para os presos e, hoje, anunciamos a disponibilização de mil câmeras de videomonitoramento para auxiliar os municípios na prevenção a violência. Estamos fazendo um trabalho importante até agora, mas precisamos avançar mais. Vamos continuar trabalhando intensamente para garantir mais segurança e dignidade para as famílias capixabas”, pontuou o governador Renato Casagrande.

O secretário de Segurança, André Garcia, enfatizou que a instalação das câmeras é um mecanismo importante para a prevenção de crimes. “A redução dos índices de criminalidade nas vias públicas com áreas monitoradas é de 60%. Essa é uma importante ferramenta para prevenir e solucionar crimes. O trabalho é realizado em parceria com os municípios na prevenção e combate à violência. O Estado investe na tecnologia para que o município realize o monitoramento das câmeras. O trabalho é integrado junto às polícias e, sem dúvida, um mecanismo importante para as ações da segurança pública”.

Municípios que receberão câmeras

Também receberão câmeras Serra, Vitória, Vila Velha e Cariacica, com 100 câmeras cada. Além de Linhares, Colatina, São Mateus e Guarapari, com 80, e Aracruz e Viana, com 40. Já Baixo Guandu, Conceição da Barra, Jaguaré, Sooretama e Pedro Canário receberão 20 câmeras.

Prazo para instalação 

O prazo para implantação do sistema é de 180 dias. A Sesp fornecerá aos municípios equipamentos de radiocomunicação, que estabelecem os circuitos de dados (links) entre a central de monitoramento e as câmeras, software de gerenciamento e armazenamento das imagens, componentes auxiliares, materiais necessários, serviços de instalação e treinamento de operadores.

O espaço físico para implantação ou ampliação da Central Integrada de Monitoramento (CIM), mobiliários e recursos humanos para executar as atividades de monitoramento das câmeras é de competência dos municípios.

Com informações da Sesp.

Deixe seu comentário