O Hospital Francisco de Assis (HFA), entidade beneficente de caráter filantrópico, que assumiu a estrutura da ex-unidade de pronto atendimento infantil, na Praia do Morro, este ano completou três anos de atividades com quatro mil partos realizados, tornando-se referência no atendimento materno-infantil em Guarapari.

HFA este ano completou três anos de atividades e tornou-se referência no atendimento materno-infantil.

A conquista desse investimento revertido em um novo conceito de saúde, tornou-se realidade através do esforço em conjunto da Secretária de Saúde do Estado, Município de Guarapari e o Hospital Infantil Francisco de Assis (HIFA) entidade mantenedora de Cachoeiro de Itapemirim.A infraestrutura oferecida aos munícipes trouxe muita dignidade para as crianças e para as mães, que agora podem contar com a certeza de serem atendidas de maneira satisfatória num ambiente adequado e por uma equipe capacitada.

Esta afirmativa só acontece porque o HFA dispõe de Pronto Atendimento Infantil (PAI), Clínica Obstétrica, Pediatria com leitos de internação clínica e cirúrgica e uma UTI para recém-nascidos e crianças de 0 a 12 anos. A UTI contempla leitos UTIn e leitos UTIp (unidade de terapia intensiva para neonatal e pediatria).

A equipe multidisciplinar do HFA conta com mais de 40 médicos, 20 enfermeiros, 80 técnicos de enfermagem, farmacêutico, bioquímico, psicólogo, fisioterapeuta e nutricionista,

A chegada do HFA supriu a carência que existia nos serviços de saúde infantil e também contribuiu para a diminuição da distância e o tempo de atendimento de alta complexidade em casos de urgência e emergência.

“Colocamos o coração à frente de tudo que fazemos”, afirma Jailton Pedroso,

“Costumo dizer que a iniciativa constitui uma declaração de amor pelas famílias guaraparienses e do Espírito Santo. E o destaque está no acolhimento que o hospital oferece. A partir do momento que o paciente entra nessa instituição de saúde ele pode contar com um dos atendimentos mais ampliados e humanizados da região”, afirma Jailton Pedroso, superintendente do HIFA.

Unidades. Ainda segundo ele “Outra questão importante para nós é que colocamos o coração à frente de tudo que fazemos, pois, não basta ter o custo na mão, criança é diferente, e a missão estatutária da instituição imprimi esse comprometimento nos atendimentos diferenciados em nossas quatro unidades:  Cachoeiro de Itapemirim, Atílio Vivacqua, Vargem Alta e Guarapari. Por isso que quando a mãe passa por uma de nossas unidades sempre volta, para agradecer o carinho, a atenção, a conversa, que mesmo sabendo que todas essas ações devem ser naturais nas pessoas, elas conseguem identificar que em nossos espaços valorizamos muito esse contato e que muitas vezes eles são a primeira dose do remédio que elas tanto precisam para seguir na busca da saúde dos filhos, e essa aproximação se dá pela ética e pelo bem querer que sentimos pelos nossos pacientes”, completa Jailton.

O gerente Márcio reitera a importância desses leitos para Guarapari,

De acordo com Jailton, a felicidade em fazer parte deste projeto não se resume nas palavras acima, mas, seguem utilizando a fala de  Presidente Winston Roberto Machado que argumenta: “Há muito tempo Guarapari estava carente de um hospital materno infantil, que atendessem os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). E através dessa parceria podemos dizer que o contribuímos para a redução dos índices da mortalidade das crianças e gestantes”, questão de extrema relevância para o município, para o estado e para o país, destaca Jailton.

O gerente Márcio reitera a importância desses leitos para Guarapari, quando a gestante entra em trabalho de parto de forma prematura e seu recém-nascido encontra dificuldades respiratórias e outros agraves que necessitam de tratamento intensivo e neonatologia. Terão a garantia de um serviço completo de terapia intensiva para o recém-nascido, equipamentos modernos de manutenção da vida de última geração e uma equipe multidisciplinar preparada, além da infraestrutura própria de laboratório, raio-X, ultrassonografia e agência transfusional (serviço de banco de sangue para transfusão).

Jercílio Cypriano

Equipe. A equipe multidisciplinar conta com mais de 40 médicos, 20 enfermeiros, 80 técnicos de enfermagem, farmacêutico, bioquímico, psicólogo, fisioterapeuta e nutricionista, todos muito bem treinados e preparados para servir a população com serviços de qualidade.

Pesquisa. O Hospital Francisco de Assis (HFA) segue com relevantes índices de satisfação do paciente, com 92,50% de aprovação dos serviços prestados. O índice é calculado por meio de pesquisa de satisfação realizada mensalmente com pacientes e seus familiares. A pesquisa refere-se ao atendimento na recepção, acolhimento na triagem pela enfermagem, a atenção dispensada pela equipe médica, suas instalações e limpeza da unidade. “Tal índice de satisfação mostram que a gestão está no caminho certo. É através destes índices que avaliamos a percepção dos nossos usuários-clientes”, avalia Jercílio Cypriano, Diretor Conselheiro.

Deixe seu comentário