Na madrugada do último sábado (26), policiais militares foram acionados para irem até uma residência localizada no bairro Alto Eucalipto, em Cachoeiro, onde haveria uma pessoa baleada. Chegando no local, se depararam com uma vítima com diversas perfurações de arma de fogo. O Jovem de 19, foi identificado como Giovani da Silva Argollo Junior.

O jovem tinha passagem por homicídio. Segundo a polícia, o crime foi cometido por ele no ano de 2012.
O jovem tinha passagem por homicídio. Segundo a polícia, o crime foi cometido por ele no ano de 2012.

Segundo informações passadas para a Polícia, Giovani estava na casa de um amigo e em determinado momento o cômodo foi invadido por três homens, dois armados, quando efetuaram tiros em direção ao menino, que dormia no momento em que foi morto. Na casa foram encontradas 10 cápsulas de uma arma calibre 380. Uma segunda pessoa que estava no local não foi atingida.

Os policiais ainda informaram que o rapaz já tinha passagem por  homicídio. O crime pelo qual Giovani respondia, ocorreu em janeiro de 2012. Ele era apontado no local como um dos responsáveis pelo tráfico de drogas no bairro. Na época, o jovem chegou a ser detido e confessou ser o autor,  mas logo foi solto por ser menor de idade.