Os moradores de Itapemirim não precisarão mais se deslocar para outros lugares em busca de capacitação profissional. O município vai receber, na sede, uma escola técnica estadual, com previsão para começar a ser construída no início do ano que vem.

Os cursos ofertados ainda não foram definidos, mas a regra é que eles devem atender as necessidades da região. Segundo o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (Sectti), Jadir José Péla, a obra, depois de iniciada, tem previsão de 12 meses para ficar pronta.

2013-10-01 161056

“O projeto do governo é construir 20 escolas modelos como esta em todo o Estado. Itapemirim será o sétimo município a receber os cursos, que terão duração de dois anos. A construção terá 5.577 m² e receberá até 1200 alunos. Como ainda não podemos implantar uma escola em cada município, esperamos que os cursos oferecidos em Itapemirim atendam as demandas de toda a região”, afirma Péla.

O projeto da Escola Técnica Estadual é uma parceria entre os governos federal, estadual e municipal, onde o primeiro entra com os recursos financeiros para a construção de toda a estrutura física, o Estado é responsável por manter a escola com o pagamento de contas, contratação de profissionais e obras de reforma e o Município oferta o terreno onde ela será construída.

Para Dr. Luciano de Paiva, este é mais um importante degrau que o município sobe em busca de capacitação de jovens e adultos. “Nós estamos muito felizes por poder trazer esta escola para Itapemirim. Nossa gente precisa ter opções de qualificação profissional aqui, para não precisar ir para os município vizinhos, correndo risco nas estradas. Este é só o começo de um futuro brilhante que nós buscamos para o nosso município”, comemora o prefeito.

Deixe seu comentário