O município de Itapemirim está investindo na segurança de seus alunos e demais cidadãos. Através da Secretaria Municipal de Educação (Seme), a prefeitura contratou 30 câmeras de segurança para atender, exclusivamente, o entorno das escolas da rede municipal, tanto na zona urbana, quanto na área rural, com o objetivo de monitorá-las.

De acordo com a secretária municipal de Defesa Social, Acedina Maria de Souza, a instalação de câmeras próximo às escolas afasta elementos indesejáveis ao convívio social e escolar, protegendo as futuras gerações e propiciando um ambiente de paz social, focado na aprendizagem, sem interferência de fatores externos!

DSC05171
Escolas da rede pública municipal são videomonitoradas 24 horas por dia em Itapemirim.

“A segurança pública em Itapemirim, com atuação integrada entre o Estado e o município, através de ações preventivas e repressivas da Polícia Militar (PM), Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e da Guarda Municipal (GM), culmina com o controle dos delitos em padrões razoáveis, fator de desenvolvimento para qualquer ente federativo brasileiro”, afirma.

Capitã Acedina ressalta que as 30 câmeras somaram-se às outras 23 que já estavam instaladas desde janeiro deste ano e são monitoradas através da Central de Videomonitoramento, localizada na sede da GM: “São 53 câmeras em todo o município, distribuídas em locais estratégicos definidos em parceria com a PM e a GM, bem como com a Seme”, excplica.

Além das câmeras, a Guarda Municipal atua estrategicamente e preventivamente nas entradas e saídas das escolas com maior concentração de alunos, bem como à noite, nos pontos de ônibus escolares oriundos das faculdades. E, em caso de necessidade, aciona a Polícia Militar.Com este aparato, segundo a secretária, constata-se que os registros de crimes contra o patrimônio nas escolas e comportamentos inadequados de alunos, desde o início do ano, foram corrigidos e estão em declínio.

DSC05161
A prefeitura contratou 30 câmeras de segurança para atender, exclusivamente, o entorno das escolas da rede municipal.

Após a implantação das câmeras se pode observar que pessoas que ficavam nas proximidades de escolas usando drogas, se afastaram e, possivelmente, migraram para outros lugares, resultado este, positivo, até então, atribuído ao conjunto de medidas e ações ocorridas.

Para a secretária municipal de Educação, Adriana Paula Viana Alves, as câmeras têm possibilitado segurança e tranquilidade a 30 escolas onde estão implantadas: “Muitas de nossas escolas eram assaltadas e furtadas. Atualmente nao há mais esse problema! Vale considerar que temos acesso as imagens e caso ocorra algum problema nas escolas, principalmente nos finais de semana e feriado, solicitamos as imagens capturadas e podemos concluir os procedimentos viáveis para punição, além de apresentarmos provas dos delitos”, conclui.

Deixe seu comentário