Por volta das duas horas da tarde deste domingo (09) um homem invadiu um condomínio localizado no Centro e furtou uma televisão de LCD de 32 polegadas e uma bicicleta de marca.

O ladrão furtou a bicicleta de um morador que estava na garagem e foi flagrado com ela pela câmera do elevador.

O síndico, que pediu para não ser identificado, relatou que o ladrão aproveitou a falta de porteiro no prédio aos domingos e entrou pela porta da frente. “Como só tem uma porta de vidro na entrada da portaria e domingo é o único dia que não tem ninguém lá, ele deu algum jeito de força a porta de vidro e ela abriu para ele. Até agora a gente não conseguiu entender porque ele fez força, mas não quebrou nada. A porta simplesmente abriu e ele entrou”.

A ação foi flagrada pelas câmeras de monitoramento e o síndico contou como tudo aconteceu. “Ele subiu até o último pavimento de garagem, pegou a bicicleta de um dos moradores que não estava trancada e desceu pelo elevador com ela. Aí ele parou na portaria ao lado de onde ficava a televisão, que era o monitor do sistema de câmera, desceu da bicicleta e foi até uma sala onde estava a caixa da televisão e a colocou dentro da caixa. Depois ele montou na bicicleta e saiu pela porta da frente do prédio”, contou o síndico.

Ele contou ainda que a bicicleta roubada pertence a um condômino que não mora no prédio, mas que já foi avisado do furto. “O proprietário não mora no prédio, ele tem um apartamento e a bicicleta ficava aí. Mas já pedi para que ele registrasse um boletim de ocorrência para encaminhar com essas informações para que a gente possa passar para a polícia daqui porque ele é de Cachoeiro”.

Após cometer o furto, ele deixa o prédio com a televisão e a bicicleta roubada sem que ninguém percebesse o crime.

“O porteiro que assumiu o posto no domingo à noite não me comunicou o furto. Ele chegou lá e deu por falta da televisão, mas não pensou em me avisar. Ele achou que fosse eu ou outra pessoa do condomínio que tivesse retirado do lugar e não fez questão de me avisar. Só fui saber na segunda-feira às oito horas da manhã quando saí para trabalhar, isso atrasou demais para que a gente pudesse tomar uma atitude”, relatou o síndico.

Ele afirmou que acredita que o criminoso já sabia a disposição das coisas dentro do prédio e como tudo funcionava, mas garantiu que pelas imagens deu para ver que não é ninguém que já tenha trabalhado no prédio. Ele disse ainda que não acredita que seja possível recuperar o que foi furtado, mas está tentando identificar o criminoso.

“Sei que recuperar os itens vai ser muito difícil, mas eu queria chegar até esse rapaz. Mas estou mostrando as imagens para vários conhecidos para ver se podem identificar quem é a pessoa. Acredito que seja algum morador dos bairros Kubitschek ou Coroado porque mostrei para uma pessoa e ela disse que talvez tenha visto esse rapaz em um desses bairros, mas não deu 100 % de certeza”.

O delegado Marcos Nery, titular da Delegacia Patrimonial de Guarapari, informou que o número de casos de roubos e furtos contra o patrimônio aumentaram muito na cidade e que este caso já está sendo investigado.

Deixe seu comentário

Comments are closed.