Portal 27 Comunidades recebeu reclamações dos moradores de Kubitschek sobre a falta de limpeza na unidade de saúde do bairro.

Segundo a moradora, a unidade de saúde estava suja e e ela não conseguiu vacinar o filho. Foto: imagem ilustrativa

Uma moradora, que não quis ser identificada, contou que não conseguiu vacinar o filho por conta da sujeira no local. “Fui vacinar meu filho e a moça que é responsável pela sala de vacina disse que não iria vacinar ele porque a sala estava suja”, disse a mãe indignada.

Segundo a mãe, a funcionária disse que desde a semana passada ninguém limpa o posto e devido a isso, ela se recusou a aplicar a vacina e apenas informou que aqueles que querem o serviço tem que ligar para a unidade de saúde durante a semana para saber se já aconteceu a limpeza da sala e que só após isso acontecer, vai aplicar a vacina nas crianças.

“Se não tem quem limpe, porque a própria funcionária não pode limpar o local? As crianças não podem ficar sem vacina. Sem contar que os agentes de saúde tiraram a médica de lá e quando vamos em outro posto pedem para a gente utilizar o posto do nosso bairro. Falaram que uma medica cubana iria atender lá, mas ela ainda não começou a atender na nossa unidade”, disse a mãe.

Portal 27 procurou a prefeitura para saber o que será feito para resolver o problema da falta de limpeza na unidade de saúde e recebeu a seguinte resposta: “A Secretaria Municipal de Saúde informa que a auxiliar de serviços gerais da unidade está de licença médica até o dia 28 mas, uma outra funcionária já foi remanejada para atender a demanda no local duas vezes na semana e o serviço vem sendo realizado. A Semsa informa que a sala de vacina está funcionando normalmente“.