A inclusão do Ticket Feira para os servidores municipais ativos, no valor de R$30, foi aprovado pelos vereadores durante a última sessão, que aconteceu na tarde de quinta-feira (10). A prefeitura encaminhou o Projeto de Lei para a Câmara Municipal de Guarapari, e obteve a aprovação unanime dos parlamentares.

O Ticket Feira é destinado para todos os servidores do município de Guarapari, propondo a complementação alimentar dos funcionários, exceto os cargos de secretários, secretários adjuntos, controlador geral, diretor presidente do Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Guarapari (IPG) e os cargos eletivos, sendo o prefeito e vice-prefeito.

FeiraLivre
Funcionários públicos ganharão 30 reais para comprar nas feiras do município.

De acordo com a Secretaria de Agricultura, Pesca e Expansão Rural, a Lei seguirá para a Prefeitura de Guarapari para que seja apreciada, sancionada e então, publicada. O Poder Executivo terá 90 dias para regulamentação, após sua publicação. A partir daí, os servidores passarão a receber, em forma de ticket o valor mensal de R$30, que terá validade para o mês competente.

DSC00845
Exemplo dos bilhetes de Ticket Feira que são distribuídos na cidade de Vargem Alta.

O benefício não será acrescentado à remuneração do servidor. De acordo com Wanderlei Astori, presidente da Câmara, este ticket será entregue ao funcionário, em forma de bilhete. Depois o feirante vai precisar ir até a prefeitura, para trocar os bilhetes por dinheiro.

Apenas feirantes produtores rurais de Guarapari serão credenciados, seguindo critérios que serão definidos após a regulamentação da lei, e ainda, somente agricultores com bloco de Notas de Produtor Rural.

Funcionários que tiverem mais de dois dias de faltas sem justificativa, não terão direito ao Ticket Feira. Também terão o benefício cortado, àqueles que estiverem de licença por motivo de doença em pessoa da família, serviço militar ou campanha eleitoral. E ainda, caso seja verificada ocorrência de pagamento indevido do ticket, será descontado do funcionário no pagamento do mês seguinte.

“Tudo que vem a favor do servidor é válido”, afirma Rosemary Abud, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Direta e Indireta e do Poder Legislativo do Município de Guarapari (Sintrag). Ainda de acordo com ela, tudo que vem para melhorar a situação dos funcionários públicos, é de grande importância.

Deixe seu comentário