A prefeitura de Guarapari, divulgou que no final da tarde de sexta-feira (27), o prefeito de Edson Magalhães, recebeu a confirmação do Ministério da Saúde e Caixa Econômica Federal de que a verba do Hospital Cidade Saúde já foi autorizada para o retorno das obras.

Ministério da Saúde e Caixa Econômica Federal confirmaram que a verba do Hospital Cidade Saúde já foi autorizada para o retorno das obras.Foto: João Thomazelli/Portal27

Segundo a prefeitura, esta é uma demanda antiga do município que, agora será concretizada. Aproximadamente 18 milhões de reais, este foi o valor reivindicado recentemente pelo prefeito, com apoio do Deputado Federal Marcus Vicente e do Senador Ricardo Ferraço, durante a apresentação do novo plano de trabalho ao Ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Segundo Edson “esta é a melhor notícia que eu recebi. Desde 2010 venho lutando incansavelmente para que esta obra aconteça”, declarou o prefeito. Ainda segundo a prefeitura, o prefeito agradece o Senador Ricardo Ferraço e o Deputado Marcus Vicente, por estarem juntos na luta pelo hospital de Guarapari.

O município informou ainda que todos os documentos já foram encaminhados para a Caixa Econômica Federal, juntamente com o novo plano de trabalho. Com três meses de mandato, Edson anunciou que a obra iria começaria  em abril deste ano com a entrega está prevista para final de 2018.  A obra pouco andou até que no começo de outubro Edson foi a Brasília liberar verbas para a obra. 

O orçamento para obra é de 18 milhões de reais e parte desse recurso já está garantido junto ao Governo Federal, através do Ministério da Saúde.

História.  Em meados do ano 2000, um grupo de empresários capixabas fez um consórcio para construção de um hospital, que de acordo com a proposta, seria referência para o sul do Estado. Mas depois de alguns meses de construção, quando a estrutura ainda hoje existente foi levantada, as obras pararam e o consórcio foi desfeito. 

Em 2011 quando era prefeito, Edson Magalhães anunciou a compra do terreno e construção do hospital que seria regional e gerido em parceria com o governo do Estado. Edson não pode disputar a reeleição em 2012 para começar a obra, mas elegeu seu sucessor Orly Gomes (PDT).

Em 2015, brigado politicamente com Edson, o ex-prefeito Orly Gomes (PDT), lançou oficialmente o reinício das obras do Hospital e Maternidade Cidade Saúde. Mas por problemas no projeto a obra parou.

Estrutura. Agora, de volta a prefeitura, o prefeito Edson Magalhães promete começar e terminar o hospital que atenderá cerca de 10 mil pessoas, terá mais de 170 leitos, além de UTI, UTI Neonatal, uma ala especial para atendimento a queimados e uma área dedicada ao Parto Humanizado e Saúde da Mulher.

 

*Com informações da prefeitura de Guarapari

Comments are closed.