Uma iniciativa desenvolvida em Alfredo Chaves fez retirar, em três meses, do meio ambiente cerca de 3.800 garrafas PET. A ideia é organizada pelo Núcleo de Assistência à Criança e ao Adolescente e objetiva conscientizar nos alunos os cuidados com a natureza e despertar atitudes cidadãs. 120 crianças e adolescente, em idade entre sete e 15 anos, participam do projeto.

Projeto recolhimento de garrafas pets (7) [1024x768]

De acordo com a pedagoga e coordenadora do Núcleo, Máxima Cristina Damacena, todos os anos o projeto é realizado com duração de três meses. As garrafas recolhidas são entregues a uma fábrica de vassouras do município que doa prêmios à instituição. “Com os prêmios realizamos bazar e sorteios em dias de recreação com os alunos”, disse.

A jovem Bianca Tavares, 07 anos, moradora do bairro Portal dos Imigrantes, entendeu o objetivo do projeto. “Trouxe cinco garrafas que estavam jogadas no quintal de minha casa. Além de limpar o local, estou aprendendo a respeitar o meio ambiente.”

Projeto recolhimento de garrafas pets (4) [1024x768]

“É preciso despertar a consciência de nossos alunos quanto à importância da preservação do meio ambiente, tornando-os, no futuro, cidadãos conscientes”, destacou a coordenadora.

A pedagoga social Alyne Cristina, que atua junto na instituição, lembra que constantemente são desenvolvidos com os alunos matriculados propostas ambientais. “A educação ambiental sempre está inserida em toda a nossa proposta pedagógica. Assim atingimos os alunos por meio de um processo participativo. O que faz com que todos eles criem uma visão crítica sobre a degradação da natureza.”

Deixe seu comentário