O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes), por meio dos diretores e representantes municipais, Adriano Albertino, Hélio Bubach e Tiago Mello, se reuniu na tarde da última quinta-feira (18) com o vereador Professor Luciano, para discutir o adiamento das aulas enquanto não forem vacinados os profissionais da educação.

O encontro foi realizado com o Professor Luciano, que é Presidente da Comissão de Educação na Câmara Municipal de Guarapari. Na oportunidade, os diretores representantes do Sindiupes protocolizaram o ofício pedindo a priorização da vacinação dos trabalhadores da educação.

Como a fila de vacinação é organizada pelo Governo Estadual, os diretores pediram para que o município, que tem autonomia para tratar das redes de educação municipal, adie o começo das aulas para um momento em que os profissionais da educação já estejam vacinados, solicitando inclusive uma Audiência Pública com a comunidade, para discutir o tema.

Reunião entre os diretores do Sindiupes em Guarapari e o vereador e Presidente da Comissão Municipal de Educação, Professor Luciano. Na foto: Tiago Mello, Professor Luciano, Adriano Albertino e Hélio Bubach.

“O sindicato tem uma postura contrária ao retorno presencial das aulas enquanto não houver garantias de segurança para os trabalhadores da educação. Solicitamos também, além do adiamento, uma Audiência Pública na Câmara, para que possamos debater este tema com a Comunidade Escolar, os Órgãos Públicos e a população em geral”, disse Tiago.

Ainda segundo os diretores do sindicato em Guarapari, o assunto deve ser pautado com máxima urgência, já que a rede pública municipal já se prepara para retornar às aulas em março.

“Fomos bem recebidos pelo Professor Luciano, que prometeu levar nossas reivindicações aos outros membros do Conselho de Educação, mas isso deve ser pautado com máxima urgência, a rede municipal já se prepara para a volta às aulas no próximo mês.

Já o vereador e presidente da Comissão Municipal de Educação, Professor Luciano, comentou que irá fazer o possível para abrir espaço para debates entre o sindicato, a população e as secretarias municipais, para que sejam apresentadas as reivindicações e os protocolos que estão sendo tomados para garantir segurança no período de volta às aulas.

“Irei abrir as portas da comissão para discutir a voltas às aulas, vamos chamar as Secretarias de Educação e de Saúde, os pais e o Sindiupes, para discutirmos essa questão. Queremos fazer um debate para que sejam apresentadas as medidas que estão sendo tomadas para fornecer a segurança, tanto para alunos, quanto para os profissionais da área”, disse o vereador.

Que finalizou comentando sobre a Audiência Pública solicitada pelo sindicato. “Eles (diretores do Sindiupes) solicitaram essa audiência pública, já estamos vendo a viabilidade. Eles deram entrada ontem no oficio, ainda não chegou para mim, mas quando chegar vou fazer o possível na Câmara para que se realize”.

Deixe seu comentário