Por volta das 16h15, um homem identificado Carlos Eduardo, parou o carro no vão central, no sentido Vitória – Vila Velha e momentos depois saiu do veículo, um Fiat Palio vermelho,correndo, todo ensanguentado, se jogando da ponte. As informações são do gazetaonline.

A mulher identificada como Gisele Rossi dos Santos, foi esfaqueada no peito e respirava com dificuldade. O socorro da Rodosol  foi acionado. Uma ambulância do Samu também foi deslocada para a ponte. A mulher foi socorrida com vida para o Hospital Vila Vellha. De acordo com a unidade hospitalar, ela foi levada para o centro cirúrgico, em estado grave, e não resistiu ao ferimento.

IMG-20140207-WA0014[1]
Corpo de Carlos Eduardo na baia de Vitória.

Carlos Eduardo, 40 anos, teve o corpo resgatado pelo Corpo de Bombeiros. A perícia da Polícia Civil esteve na “Praia do Havaizinho” e já recolheu o corpo de Carlos Eduardo. Já Gisele, 28 anos, chegou a ser socorrida com vida para um hospital de Vila Velha, mas morreu durante uma cirurgia.

Segundo o irmão de Gisele Rossi dos Santos, ela e Carlos Eduardo já moraram juntos e haviam se separado, porque ele não poderia ter filhos e Gisele queria ter um bebê. Ainda de acordo com o irmão de Gisele, que estava no hospital, a irmã havia dito que Carlos a estava perseguindo nos últimos dias.

IMG-20140207-WA0013[1]
A perícia da Polícia Civil esteve na “Praia do Havaizinho” e já recolheu o corpo de Carlos Eduardo.

 Relacionamento. Segundo o irmão de Gisele ela e Carlos Eduardo já moraram juntos e haviam se separado, porque ele não poderia ter filhos e Gisele queria ter um bebê. Ainda de acordo com o irmão de Gisele, que estava no hospital, a irmã havia dito que Carlos a estava perseguindo nos últimos dias.

Deixe seu comentário