“Cada morador de Vitória já vacinado no município carrega hoje, no braço e no coração, a esperança por um futuro melhor cada vez mais próximo! Esperança essa que está nas mãos da ciência e da saúde. Com a vacina, demos o primeiro passo rumo ao fim de pandemia. Vacinar é um dever ético. É garantir a todos os nossos cidadãos acesso aos serviços de saúde de forma igualitária, um compromisso firmado, desde o primeiro dia de trabalho, pela nossa gestão”, disse o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini.

Muito emocionada e com grande expectativa em receber a primeira dose da vacina, Magda Lúcia Calil, 63 anos, é só gratidão. “Agradeço a Deus que me guardou aqui até hoje, em meio a esse momento tão difícil que estamos vivendo. Tomar a vacina foi um alívio. Eu queria muito ser vacinada. Agora, eu quero poder dar um abraço nos meus filhos primeiramente, e tocar a vida pra frente. Ainda tenho muito sonho a realizar”.

Vacinação no Maanaim para idosos com mais de 70 anos e trabalhadores da saúde com presença do prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini.

Até a próxima quinta-feira (22) 5.320 idosos com 60 anos ou mais serão vacinados contra a Covid na capital. “Mais uma vez Vitória se compromete a começar a vacinação imediatamente assim que receber as doses. Nós recebemos ontem (16) a remessa dessa semana, fizemos o agendamento e já estamos executando hoje (17). Toda nossa programação tem sido executada com sucesso, com comprometimento da equipe, a população também está chegando no horário e tem ajudado a não aglomerar”, destacou a secretária de Saúde de Vitória, Thaís Cohen.

“A minha maior expectativa é que a vacina chegue a todos. Que a gente combata essa pandemia que está transtornando tantas famílias. Após a vacina a gente fica com ar de alegria, de esperança que as coisas melhorem”, falou Silvino Canzian, 61 anos.

Deixe seu comentário