Banner TOP
JB Padrão

Você sabe o que é tabu? certamente já ouviu a expressão “quebrar tabu”. sabe o que é?

É comum as pessoas usarem a palavra Tabu para designar uma regra quebrada. Porém, nem todas as regras são tabus. Alguns ainda dirão que trata-se de regras indiscutíveis que não podem ser mudadas. Nesse contexto o termo começa a se aproximar do significado original da expressão “quebrar tabus”, embora não seja esse o seu sentido original e mais adequado.

 O termo “tabu” está, em seu uso mais adequado, diretamente associado a religião. Trata-se, mais precisamente, do elemento negativo da religião, podendo ser uma proibição ou um alerta. Durante muito tempo, quebrar um tabu era romper com um código de conduta estabelecido, e isso poderia causar prejuízos seríssimos ao violador.

Quebrar um tabu era trazer sobre si a ira do sobrenatural. Para os crentes no sobrenatural, independente de religião, quebrar um tabu é se colocar sujeito à desgraças, acidentes, enfermidades e até à morte. Quebrar tabu é pecar, é desafiar o sobrenatural.

0-repre

 Porém, a quebra de tabu pode ser anulada por meio de rituais específicos de purificação. Isso é comum em quase todas as crenças. Há sempre uma segunda chance. Há religião, por exemplo, fundada no perdão, alongando essa possibilidade em até “setenta vezes sete”.

O tabu possui basicamente três objetivos claros:

  • Manter o temor no sobrenatural, a medida que reforça a ideia de castigo.
  • Unir os membros de um grupo social, separando-os de outros e ampliando a solidariedade do grupo;
  • Ser elemento básico de controle social: impões certas restrições em determinadas circunstâncias.

 Os tabus são parte da estrutura normativa da religião. Sem eles o medo deixa de existir e os limites estabelecidos pela religião tornam-se vulneráveis. Quanto mais consolidados os tabus de uma crença, mais obedientes são os crentes às suas regras.

Imagem por stevendepolo em Flickr Creative Commons - Palavras de Osho

 Retomando a expressão popular “quebrar tabu”, notamos que existe uma influência muito forte na origem da palavra tabu. De fato quebrar tabu trata-se de romper regras indiscutíveis que não podem ser mudadas, pois teriam sido estabelecidas por seres ou forças sobrenaturais.

 A entrada, por exemplo, das mulheres no mercado de trabalho foi um tabu quebrado? A resposta é positiva, haja vista que em tempos passados as mulheres eram criaturas destinadas exclusivamente e divinamente ao lar, a madre e a submissão. Muitas mulheres foram castigadas por tentar quebrar esse tabu, outras apontadas como alguém debaixo do juízo dos deuses.

 A proximidade do uso cotidiano da palavra tabu com o sentido original está associado diretamente e fortemente ao fato de termos uma sociedade impregnada pela religiosidade, onde as regras morais se fundem e se confundem com as regras religiosas, em outros termos, com os tabus.

 

Camara Municipal de Guarapari – Participe
Institucional Basic Idiomas
Banner Marcelo

Institucional MAllagutti

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here