m texto contemporâneo sobre perda, culpa, dor e também superação, recomeço e perdão. A montagem inédita no Brasil de “A toca do coelho” mostra o drama de uma família atingida por uma tragédia que irá reconfigurar as relações e traçar um novo caminho para todos os envolvidos. Trazendo na direção Dan Stulbach, conhecido principalmente por seu trabalho como ator, onde já ganhou prêmio Shell e APCA por seu desempenho nos palcos, o projeto marca a estreia dele como encenador. A peça vai ter sua reestréia em Vitória nos dias 16 e 17 deste mês, no teatro da Ufes. Os ingressos estão quase esgotados.

Com Reynaldo Gianecchini, Barbara Paz,Neuza Maria Faro, Simone Zucato e Rafael de Bona no elenco, após uma temporada de sucesso em São Paulo no Teatro Faap e no Rio de Janeiro, no Teatro Leblon – sala Fernanda Montenegro, o espetáculo inicia sua turnê pela principais capitais brasileiras e chega em Vitória em agosto.

Texto sobre um drama familiar deu ao autor americano David Lindsay - Abaire  o prêmio Pulitzer 2007 e várias nomeações ao Tony em 2008.
Texto sobre um drama familiar deu ao autor americano David Lindsay – Abaire o prêmio Pulitzer 2007 e várias nomeações ao Tony em 2008.

Grande sucesso na Broadway, “A toca do coelho” foi escolhido melhor texto no seu ano de estreia. Na ocasião, a atriz Cynthia Nixon – de Sex in The City – recebeu o Prêmio Tony de melhor atriz pela encenação da personagem Becca. Em 2010, Nicole Kidman convenceu o autor a roteirizar Rabbit Hole para o cinema e concorreu ao Oscar como melhor atriz por sua atuação como Beca em 2011. No Brasil o filme recebeu o nome “Reencontrando a Felicidade”.

Reynaldo Gianecchini e Simone Zucato (Foto: Thiago Duran/AgNews)
Reynaldo Gianecchini e Simone Zucato (Foto: Thiago Duran/AgNews)

David Lindsay Abaire é um consagrado escritor e letrista americano. Com Rabbit Hole – A Toca do Coelho – ele ganhou o prêmio Pulitzer de 2007 e várias nomeações ao Tony em 2008 pela montagem teatral. Formado em artes cênicas, David, logo após se formar, foi aceito para fazer parte do Programa para Escritores na Julliard School, em Nova Iorque. Autor do livro do Shrek, o Musical e letrista das canções do mesmo, além de vários outros textos teatrais, recentemente David escreveu o roteiro do filme Rise of the Guardians para a Dream Works.

Simone Zucato, idealizadora e produtora do projeto, juntamente com Valdir Archanjo e Bira Saide, escolheu, adaptou e traduziu o texto de Lindsay-Abaire. Simone, que na peça interpreta Isa, foi quem convidou Dan Stulbach e o elenco, “Fiquei atrás de um texto por 2 anos e quando li A toca do coelho tive certeza que era o que eu estava procurando. Depois disso foi uma luta para conseguir comprar os direitos e montar o espetáculo”, conta.

barbara-790x1024A peça se passa na casa dos Corbett. Beca (Barbara Paz) e Paulo Corbett (Reynaldo Gianecchini) precisam retornar à sua existência cotidiana, após uma perda, chocante e súbita. Oito meses antes, eles eram uma família feliz com tudo que queriam. Agora, eles estão presos em um labirinto de memórias, desejos, culpas, recriminações e raiva, e seguem caminhos opostos neste labirinto. Enquanto Beca encontra dor nas lembranças familiares, Paulo encontra conforto. Beca tenta lidar com as questões familiares com sua irmã, Isa e sua mãe, e estende a mão para o adolescente envolvido no acidente que provocou todas as mudanças em suas vidas. O casal tenta reencontrar o seu caminho de volta para uma vida que ainda tem potencial para o riso, a beleza e a felicidade.

O resultado desta jornada é uma visão intimista dos dois que precisam reaprender a se envolver um com o outro. Assim, perdidos em seu sofrimento, os Corbett fazem escolhas surpreendentes para seu futuro.

Para a encenação o cenário ‘clean’ e sugestivo de André Cortez, mostra abertamente a casa da família e tem quase todos os cômodos. “Não é uma casa realista, é possível ver entre as paredes. Quem está na plateia pode se sentir dentro da casa, parte da família”, explica Zucato. Completam a ficha técnica Marisa Bentivegna no Desenho de Luz, Adriana Hitomi assinando os figurinos e Daniel Maia, responsável pela trilha sonora original e Composta.

Deixe seu comentário