Por volta das cinco horas da tarde desta segunda-feira (10) foi realizado o sorteio da Ação entre Amigos em prol da recuperação do Elias Victor, de 14 anos, que caiu do 4º andar do prédio onde mora, em Muquiçaba, há um mês.

A Ação entre Amigos foi realizada por familiares e amigos do adolescente e duas pessoas foram sorteadas. O primeiro ganhador levou R$ 500,00 em compras na loja Atrevida Moda Íntima e o segundo ganhou R$ 500,00 em compras na loja QJóia Modas.

Sorteio foi realizado pela Miss Guarapari Mirim, Ana Valentina Aguiar.

As duas pessoas sorteadas foram Cris e Gabriela Vilela. A proprietária da loja Atrevida, Helaine Pinheiro, relatou que elas sorteadas foram já foram avisadas que ganharam o prêmio. “Já entramos em contato com os ganhadores e eles ficaram felizes da vida. Na verdade, eles compram para ajudar a criança, ganharam e nem acreditaram”.

Ela também agradeceu a todos que ajudaram comprando a Ação entre Amigos. “As rifas foram todas vendidas. Todo mundo se solidarizou e vendemos muito rápido. O pessoal ajudou muito e estamos muito gratos”.

Helaine também falou sobre o estado de saúde do Elias Victor. “Ele está na enfermaria e se recupera muito bem Graças a Deus. Ele fez a primeira cirurgia logo quando chegou ao hospital e depois passou por uma outra cirurgia para retirar o líquido da cabeça e agora está se recuperando”.

Segundo ela, o adolescente está lúcido e já consegue se comunicar com a família. “Ainda não tem previsão de alta porque o cérebro está inchado, mas ele está lúcido e já fala algumas coisas. Ele ainda não conversa porque um lado está paralisado, mas responde às perguntas, come sozinho e consegue segurar o copo para tomar suco. Os médicos ainda não sabem se ele vai ficar com alguma sequela porque o cérebro está inchado e é tudo muito novo ainda. Mas ele já está fazendo fisioterapia e tem a fonoaudióloga com ele. A recuperação é lenta”.

De acordo com Helaine, o dinheiro da Ação entre Amigos já está ajudando a família. “O dinheiro arrecadado está sendo usado para pagar as passagens de ônibus porque a mãe dele tem que ir para lá todos os dias e depois quando ele tiver alta será usado para pagar a fisioterapia, a fonoaudióloga e tudo isso”.

Deixe seu comentário