Duas chapas disputam presidência do Sindicato dos Trabalhadores de Guarapari

4

A segunda-feira foi de eleição no Sindicato dos Trabalhadores de Guarapari (Sintrag). A presidência do sindicato é disputada pela atual presidente Rosemary Abub, da chapa 1 -União e Luta; e pelo operador de veículos Thiago Magno da chapa 2, que faz parte do grupo Formiguinhas.

Thiago Magno da chapa 2, faz parte do grupo Formiguinhas.

Thiago explicou quais são as propostas dos Formiguinhas. “Renovação, mudança e tirar o sindicato do comodismo. São 10 anos no mesmo mandato, mesma gestão e diretoria. A gente quer propor mudança para o servidor voltar a sonhar”.

Ele afirmou que os Formiguinhas pretendem acabar com a reeleição no comando do sindicato dos servidores e também reclamou da falta de transparência na atual gestão. “É necessário a renovação porque a transparência não está havendo, não prestam conta mesmo com o pedido de requerimento. Segundo o estatuto, é uma obrigatoriedade prestar conta e essa gestão nos 4 anos nunca prestou uma conta se quer. Então o servidor tem que saber para onde o dinheiro está indo, de onde ele está vindo, o que está sendo feito e o que está acontecendo com o dinheiro dos servidores”.

Rosemary Abub, da chapa 1 -União e Luta

Já a atual presidente do Sintrag afirmou que é necessário dar sequência ao trabalho que vem sendo feito no sindicato. “Estou tentando uma reeleição porque trabalhos tem que se dar continuidade. Então a minha chapa achou por bem que a nós deveríamos tentar continuar na presidência do sindicato”.



Em relação a falta de transparência mencionada por seu concorrente ela afirmou que “não sei que falta de transparência porque eles não frequentam o sindicato para poder saber. Tudo que acontece se abre uma assembleia e isso é o que diz o estatuto de uma entidade sindical então não sei onde eles usaram essa palavra que não houve transparência”.

A eleição acontece na sede do Sintrag até às cinco horas da tarde e para votar o servidor deve comparecer com um documento com foto e estar em dia com suas obrigações sindicais.

NOTA DA REDAÇÃO. Durante a apuração da matéria, a equipe de reportagem do Portal 27 foi obrigada a se retirar da sede do sindicato após visível “destempero” dos integrantes das duas chapas. Ao chegar ao local, a repórter Rafaela Patrício foi destratada por um integrante da chapa 1 que reclamou da falta de reportagem sobre o assunto das eleições.

Durante a entrevista com os presidentes das chapas que disputam a eleição, o mesmo integrante se sentiu no direito de reclamar com a repórter mais uma vez, dizendo grosseiramente que ela estaria desconcentrando os colaboradores de fiscalizar a votação, e sentindo destratada, a repórter preferiu se retirar, já que o reclamante estava muito exaltado.

O Portal 27 lamenta que os que querem representar os servidores públicos de Guarapari tenham tamanha falta de educação e respeito pelo trabalho da imprensa e repudia veementemente o tratamento dispensado pelos representantes das chapas e vai continuar lutando por liberdade de imprensa e democracia em Guarapari.

Institucional Basic Idiomas
Institucional MAllagutti
Banner Marcelo
Institucional Karla
Institucional M Conveniências [banner top]

Institucional Flex Motors [banner final]
Dia D Docutum


4 Comentários

  1. TEM PESSOAS QUE FICAM NO BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ BLÁ….
    ACHANDO QUE É IGUAL AO AÉCIO E FERNANDO HENRIQUE CARDOSO..
    FERNANDO HENRIQUE CARDOSO É UM SERVIDOR SÉRIO QUE APOSENTOU COM 37 ANOS . TEM CINCO APOSENTADORIAS….CHEIO DE FUNCIONÁRIOS BANCADIS PELO GOVERNO FEDERAL…
    CHAMA TODOS OS APOSENTADOS DA INICIATIVA PRIVADA DE VAGABUNDOS…KKKKKKK
    LAVA JATO PEGOU FHC..

  2. Boa tarde, Wilcler e Rafaela!!!

    Venho através deste, como servidor público atuante e quer irá lutar por mudanças ( assumi esse compromisso com inúmeros servidores, através do apoio voluntário que irei realizar no sindicato- não pude me filiar integralmente à chapa Formiguinhas, puramente pelo compromisso profissional que tenho com o Nossocrédito e Bandes) me desculpar por aqueles que foram ” destemperados” com a profissional ( Rafaela). A atual gestão do sindicato preza pelo diálogo e participação conjunta dos servidores em todas as decisões. Uma nova mentalidade será implantada, a de negociações respaldadas, e sempre visando o bem comum.

    Parabéns pela reportagem, Portal 27

  3. Demorou 10 anos?? Mas que sufoco, sei nem o que responder​ depois de tamanha liberdade. Depois da liberdade vem a luta para se viver mais livre e com leis .

  4. Agora com a derrota da atual presidente e diretores do sintrag , as coisas poderão mudar e o servidor municipal poderá começar a sonhar novamente para uma melhora .
    Já vão tarde ” Rosemary e companhia “para a felicidade de todos.
    Que venhão o novo presidente e diretores para melhorar.

DEIXE UMA RESPOSTA