Os alunos que moram em Jabuticaba e Andana já começaram o ano letivo com uma preocupação que vai além dos estudos. Neste ano eles estão sem transporte escolar estadual. De acordo com a aluna do segundo ano do ensino médio, Tatiane Lima Gonçalves, de 18 anos, a maioria dos adolescentes dessa região estuda na Escola Estadual Leandro Escobar, no Perocão, que de acordo com ela, fica à mais de 7 km, em média, de seus bairros.

A maioria dos adolescentes dessa região estuda na Escola Estadual Leandro Escobar, no Perocão

Tatiane, que estuda à noite, só conseguiu ir para a escola três vezes neste ano. “Aqui é muito longe, sem transporte fica impossível. Só conseguir ir a três dias de aula, por que eram dias que saímos cedo, às 20h30, nesse horário consegui carona para voltar para casa com minha madrinha, mas nos dias que saímos normal, mais tarde, não tenho como voltar para casa, então não tenho nem como ir para escola”, diz.

Ainda segundo ela “Meu pai não tem veículo para me levar. Eu moro em Jabuticaba, é longe, mas com esforço daria para ir a pé, no entanto sempre tem assaltos na estrada, por ser muito deserta, é muito perigoso passar sozinha ali. Ônibus no meu bairro só tem 3 vezes por dia, um de manhã, um na hora do almoço e um às 19h, que não dá nem para pegar para ir, porque chegaria muito atrasada, e não teria ônibus para voltar depois que aula acabasse”, comenta.

Escola é a unica estadual que atende a região norte de Guarapari.

Ela conta que no ano passado, cerca de 15 outros alunos da região também faziam uso do transporte escolar. Tatiane teme que as faltas pela ausência do transporte do município resultem na perda de seu ano letivo. “Estou muito preocupada, porque eles estão cancelando a matrícula de quem não está indo. Já avisei na escola que não estou comparecendo por problemas de transporte. Mas eu realmente não sei se vou se vou perder a matrícula por uma coisa que está além de mim”, lamenta.

O Portal 27 procurou a Secretária de Educação do Estado, que nos informou através de nota que “A Secretaria de Estado da Educação (Sedu) informa que foi realizada licitação para contratação do transporte escolar para região de Jabuticaba e Andada, porém o pregão deu deserto, ou seja, não houveram empresas interessadas. Nesta terça-feira (06), uma nova licitação será realizada e a previsão é que até o final deste mês o transporte escolar esteja em pleno funcionamento na região”