Banner TOP
JB Padrão

Após 42 anos, o pedreiro Edson de Oliveira, de 60 anos, e sua família se reencontraram. O primeiro contato aconteceu por telefone, nesta sexta-feira (06), já que ele mora em Marataízes e seus familiares no distrito de Rio do Meio, no município de Itororó (Bahia). Eles perderam o contato após um desentendimento familiar e quando receberem a informação de que Edson poderia estar morando em Vitória, os parentes buscaram a imprensa para tentar encontrá-lo.

Edson conversou com a família por uma chamada de vídeo nesta sexta-feira (06) e em maio vai para a Bahia reencontrá-los. Foto: Arquivo pessoal.

Uma das sobrinhas do pedreiro, Beide Hayalla Lima Oliveira, relatou que um dos filhos de Edson viu uma matéria sobre o desejo da família de reencontrá-lo e fez contato com ela. “Eles me ligaram ontem à noite e me perguntaram se eu estava procurando meu tio. Eu disse que sim e uma das filhas dele falou que minha prima. Aí conversamos até de madrugada e hoje cedo vim para a cidade da minha avó porque moro há 40 minutos daqui e contei tudo para ela. Depois fizemos uma chamada de vídeo para ele e minha avó conheceu as filhas dele e agora está conversando com ele de novo”.

Ela contou que a família já tinha perdido a esperança de encontrar Edson vivo e agora todos estão muito felizes. “Minha avó está transbordando de alegria porque tinha mais de 40 anos sem notícias dele. A gente achou que ele já estaria morto. A gente procurava muito, mas esperança não tínhamos tanta. Quando ela me ligou ontem e disse que ele estava bem foi o dia mais feliz da minha vida. Meu avô também está muito feliz e não vê a hora de ver o filho”.

Edson disse que ficou muito feliz em reencontrar a família. “Foi muita emoção. Eu nem considerava que meus pais estavam vivos e hoje graças a Deus ganhei este presente”, relatou o pedreiro.

Reencontro. Ele contou que quando saiu da Bahia realmente foi para Vitória, onde morou e trabalhou por oito anos. O pedreiro explicou que naquela época não existia tanta tecnologia e por isso, não tinha celular nem nenhum outro telefone e acabou perdendo o contato com a família. Mas agora ele pretende reencontrar seus familiares e vai levar os 5 filhos e 9 netos. “Estamos marcando para ir todo mundo em maio. Vou eu, meus filhos e netos. Vou levar a família toda”, disse Edson.

Institucional MAllagutti
Banner Marcelo
Institucional M Conveniências [banner top]
Institucional Karla
Institucional Basic Idiomas

Transparência (novo) – 700 x 90
Padrão
Institucional Flex Motors [banner final]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here