A Associação de Moradores do Centro (Amocentro) entrou com um pedido de liminar para impedir que a Feinart seja realizada nas dependências externas do Rádium Hotel. A ação foi ajuizada no último dia 18 e ontem (31), o juiz responsável pelo caso emitiu um despacho dando a prefeitura o prazo de 72 horas para se manifestar sobre o caso.

A Feinart é tradicionalmente realizada no começo do ano na área externa do Rádium Hotel, mas há algum tempo moradores e comerciantes vêm reclamando da feira. No ano passado a Amocentro já havia se manifestado contra a realização da feira naquele local, com base nos danos causados pela estrutura montada nos jardins e passeios do entorno do Radium Hotel.Radium-Hotel

“Que fique claro. Não somos contra a realização da feira em Guarapari. Mas onde ela é realizada, traz mais prejuízos do que benefícios para a cidade. Existem outros lugares em que a feira poderia funcionar sem trazer tantos transtornos”, esclareceu Themístocles Santana Ribeiro Neto, presidente da Amocentro.

O presidente argumenta também que com a instalação da feira naquele local, o Radium Hotel fica isolado, sem receber visitação por causa da estrutura da feira, que bloqueia a entrada, além dos estragos que a estrutura causa na grama e na vegetação dos canteiros.

E pelo lado financeiro dos empresários locais, é que a feira acaba prejudicando os comerciantes do ramo de artesanato na cidade, já que esses empresários buscam se sustentar durante todo o ano e ainda pagam impostos para o município. “Eles não pagam nenhum tipo de imposto para operar aqui. Que benefício traz para a arrecadação municipal? Existem outros locais, como o Siribeira ou a praça onde funcionava a antiga feirinha hippie que poderia abrigar a estrutura da feira”, finaliza Neto.

A prefeitura emitiu uma nota dizendo que: “a Prefeitura irá se manifestar tão breve receba a ação”.

Deixe seu comentário

Comments are closed.