Na próxima quinta-feira (06) haverá uma audiência pública na Câmara Municipal de Guarapari para tratar da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) sobre a reforma da previdência. O evento intitulado “PEC 287/2016 A Reforma da Previdência e os Impactos na Previdência dos Trabalhadores” será realizado às sete horas da noite.

A audiência pública acontece na próxima quinta-feira às 19h no plenário da Câmara Municipal.

Na ocasião, haverá uma palestra para esclarecer para a sociedade quais as propostas dessa PEC e quais impactos ela trará para a vida dos trabalhadores.  A palestra será ministrada pela advogada previdenciária Maria Regina Couto Uliana, que é membro da comissão de direito previdenciário da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Espírito Santo (OAB-ES) e coordenadora do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário do ES. O segundo palestrante convidado é o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado do Espírito Santo, Júlio César Mendel.

A audiência pública é uma iniciativa do vereador Clébio Marques Brambati.

A audiência pública é uma iniciativa do vereador Clébio Marques Brambati, conhecido como Clebinho. Ele explicou que “o objetivo principal dessa audiência pública é mobilizar a sociedade contra os impactos que a aprovação das reformas pode ocasionar aos trabalhadores. Queremos fazer com que a sociedade comece a cobrar do governo atitudes para que essa PEC não seja aprovada da forma como está sendo colocada”.

O parlamentar também falou dos impactos que a reforma vai causar na vida dos trabalhadores rurais. “Na nossa avaliação a reforma vai trazer prejuízos muito grandes para a classe trabalhadora, especialmente, para os trabalhadores rurais. Com a reforma eles ficam praticamente sem a aposentadoria rural e isso nos municípios menores como Alfredo Chaves e municípios mais interioranos o corte das aposentadorias vai trazer um prejuízo muito grande. As aposentadorias hoje têm recursos maiores do que o fundo de participação que o Governo Federal passa para os municípios então isso vai trazer um mal para toda a sociedade”.

Ele também convidou a população a comparecer na audiência. “A gente espera que as pessoas participem e contamos com a colaboração de pessoas que são multiplicadores, que influenciam a sociedade para nos ajudar a sensibilizar a comunidade sobre essa causa”, finalizou.

Deixe seu comentário

Comments are closed.