A presidência da Câmara Municipal de Guarapari solicitou ao Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo (TJ-ES), a doação do prédio onde funciona o Legislativo Municipal há mais de 20 anos. A solicitação foi anunciada pelo presidente na solenidade de reinauguração do plenário Ewerson de Abreu Sodré e realizada nesta quarta-feira (14) através de um ofício protocolado no TJ-ES.

No documento, a Câmara explica que o local já virou referência no município e ressaltou que momentos importantes do Legislativo aconteceram naquele espaço e, por isso, seria importante para a história do município manter as atividades da Casa de Leis no prédio. O ofício ainda apresenta um registro fotográfico do antes e depois que comprovam as recentes melhorias que foram realizadas para dar mais conforto e acessibilidade para população.

diretor Geral da Câmara, Ricardo Rios, também se reuniu com o presidente do TJ-ES, desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa para reforçar a importância da doação.

Além de protocolar o ofício, o diretor Geral da Câmara, Ricardo Rios, também se reuniu com o presidente do TJ-ES, desembargador Ronaldo Gonçalves de Sousa para reforçar a importância da doação. “A Câmara funciona há muitos anos no prédio onde era o antigo Fórum, que atualmente está localizado em um espaço maior para o desenvolvimento dos trabalhos do Judiciário na cidade. Nós temos um contrato de comodato com o Tribunal de Justiça que está prestes a vencer e como não temos sede própria solicitamos essa doação ou a renovação do comodato. Agora vamos aguardar a resposta”, explicou Rios.

Durante a reunião, a Câmara se comprometeu que caso a doação seja realizada e se futuramente adquirir uma sede própria, o prédio onde exercesse suas atividades atualmente será destinado para comunidade com salas para uso da população e um mini museu contando a história da cidade.

Deixe seu comentário