A história de Penha Françosa e Maxwell Françosa seria como a de qualquer casal, não fosse pelo fato de ambos serem policiais militares. Penha conta que eles se conheceram já na polícia, e a história de amor completa, agora em janeiro de 2019, 23 anos.

Uma história de amor de 23 anos

Como tudo começou. Há 23 anos casada com Maxwell, Penha se lembra de como tudo começou. “Eu vim trabalhar aqui em 1995, nós entramos na polícia em 1994, formamos em 1995 e eu vim trabalhar aqui. Na verdade a gente era da mesma turma, só que ele fez o curso de soldado lá em Aracruz e eu fiz na academia de Polícia em Cariacica, antigo CFA. Nessa época eu não o conhecia, porque eu não sou daqui, mas ele é de Guarapari. Eu vim trabalhar aqui e ele também, a gente se conheceu no mesmo dia em que a gente se apresentou aqui e 6 meses depois nós nos casamos. Durante um policiamento no calçadão da praia das castanheiras, estávamos trabalhando a pé, ele tirou aliança do bolso e ficamos noivos”.

Casal de policiais juntos há 23 anos

Escalas entre encontros e desencontros. Penha conta que hoje em dia sua escala não bate com a de Maxwell, então eles se veem no pouco tempo livre que possuem. “A gente já trabalhou junto, algumas vezes na viatura, na rua a pé, a gente ia junto para o trabalho, folgava junto, tirava férias, isso facilitou muito a nossa vida, mas agora a rotina mudou, nos encontramos nas pequenas folgas”, afirma Penha ao declarar que Maxwell foi promovido a subtenente e é supervisor, trabalhando em uma escala muito diferente da dela que voltou para a academia de polícia e até maio desse ano está fazendo o curso de sargento. Quando perguntamos à Penha se ela presta continência ao marido no trabalho, ela afirmou com muito bom humor que sim, “afinal ele é meu superior”.

E dentro de casa? Penha afirma que a convivência deles dentro de casa é o mais tranquila possível, a história de amor de 23 anos gerou dois filhos que hoje já são adultos. “Dentro de casa a convivência é tranquila sem estresse, ninguém pensa em violência. Quando as pessoas nos encontram na rua elas perguntam assustadas como acontece quando nós brigamos. O relacionamento em casa é normal, convivemos assim por 23 anos”, finaliza Penha.

Penha e Maxwell – juntos há 23 anos

Declaração de amor. Para Maxwell, ter Penha ao seu lado “significa a realização do plano de Deus em nossas vidas , nada é por acaso, estamos predestinados no amor infinito de Deus para encontrar anjos que nos conduzem a uma vida terrena harmoniosa. Ressaltando que o que realmente importa é a vida eterna. Viver o amor encontrando a pessoa certa é uma dádiva de Deus. Pra finalizar ! Amo minha esposa!”, diz. 

Comments are closed.