O Tribunal Regional Eleitoral realizou na tarde desta sexta-feira (19), a diplomação dos candidatos eleitos nas Eleições 2014. Diversas autoridades dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário estiveram presentes na solenidade presidida pelo presidente da Corte, desembargador Alvaro Manoel Rosindo Bourguignon. A cerimônia durou aproximadamente duas horas.

Foram diplomados o governador eleito do Espírito Santo, Paulo Hartung: o vice-governador, César Colnago; a senadora eleita Rose de Freitas; os deputados estaduais e federais que estiveram presentes, além dos suplentes das coligações.

Edson Diplomado
“No dia 1º de Fevereiro de 2015 conto com a sua presença, para abrilhantar ainda mais esta conquista, que é do povo de Guarapari”

O ex-prefeito de Guarapari e deputado eleito Edson Magalhães (DEM), também foi diplomado. Em sua página em uma rede social, Edson fez questão de fazer os seus agradecimentos.

“Hoje foi um dia muito especial. Dia em que fui diplomado com Deputado Estadual. Gostaria de agradecer imensamente todo apoio e confiança depositados no meu trabalho para fazer uma Guarapari e um Estado melhores. Infelizmente, devido à falta de espaço físico nas dependências do Tribunal Regional Eleitoral, eu e todos os outros candidatos diplomados, não pudemos ter convidados nesse momento especial. Mas no dia 1º de Fevereiro de 2015 conto com a sua presença, para abrilhantar ainda mais esta conquista, que é do povo de Guarapari. Mais uma vez, muito obrigado, que o nosso Natal e nosso Ano Novo sejam repletos de felicidades, e que o ano que se inicia cheio de desafios, seja também um ano de conquistas, para melhorarmos a vida na nossa cidade e no nosso Estado. Um abraço. Edson Magalhães.” diz a mensagem

Hartung Diplomado
O governador eleito Paulo Hartung fez um discurso emocionado durante a solenidade de diplomação, no Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo.

Diplomação. A diplomação é um ato formal que encerra o processo eleitoral. O diploma recebido é um documento indispensável para que o eleito tome posse no seu cargo.

Nas eleições para governador e vice-governador, senador, deputado federal, deputado estadual e deputado distrital, quem tem competência para realizar a diplomação são os respectivos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs).

Nos diplomas, devem constar o nome do candidato, a indicação da legenda do partido ou da coligação sob a qual concorreu, o cargo para o qual foi eleito ou a sua classificação como suplente e, facultativamente, outros dados a critério da Justiça Eleitoral.

 

 

Deixe seu comentário